DestaquesPolicial

Agentes são convocados para reforçar segurança em prisões

Em decorrência da crise envolvendo o sistema prisional em vários estados, o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP) autorizou a nomeação de 386 candidatos aprovados no concurso público do Departamento Penitenciário Nacional (Depen).

Os convocados vão preencher vagas em cargos das carreiras da área penitenciária federal. A medida foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (24).

Além das 258 vagas previstas no edital, também serão autorizadas mais 128 vagas dentro da margem adicional de até metade do quantitativo original do certame. Os novos servidores irão trabalhar em penitenciárias federais em Brasília (DF), Porto Velho (RO), Mossoró (RN), Catanduvas (PR) e Campo Grande (MS).

Do total, constam 360 cargos para agente penitenciário federal, 12 cargos para especialista em assistência penitenciária e 14 cargos para técnico de apoio à assistência penitenciária. As remunerações iniciais são de R$ 5.923 (agente), R$ 5.669 (especialista) e R$ 3.839 (técnico).
Os cargos a serem preenchidos estão previstos na Lei Orçamentária Anual de 2017.
Portal Brasil, com informações do Ministério do Planejamento

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios