Terça-Feira, 21 de Agosto de 2018

Água do Velho Chico chegará ao Ceará em agosto

Brasília-DF – O ministro da Integração Nacional, Pádua Andrade, reafirmou o esforço do Governo Federal para cumprir os prazos de conclusão do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco. Durante audiência pública da Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR), no Senado Federal, o titular da Pasta garantiu que as águas do ‘Velho Chico’ já beneficiarão o estado do Ceará no mês de agosto e, até dezembro, percorrerão os 260 quilômetros de canais desse eixo.

“Nosso acompanhamento tem sido rigoroso. Equipes técnicas estão se revezando em tempo integral para fiscalização dos serviços executados pela nova empresa. Nos trechos mais complexos, a exemplo do Túnel Milagres e da terceira estação de bombeamento – a EBI 3, os trabalhos estão acontecendo durante 24 horas. Estamos priorizando o caminho das águas, pois nossa meta é cumprir os prazos para beneficiar a população o mais breve possível”, disse Pádua Andrade.

A EBI-3, citada pelo ministro, é a maior estação elevatória dos dois eixos – Norte e Leste – do Projeto São Francisco. A estrutura possui 90 metros de altura e bombeará volume de água equivalente a uma piscina olímpica por segundo. A expectativa é que as bombas sejam acionadas até o final deste mês.

Os trechos fazem parte da Meta 1N do Eixo Norte, que possui 140 quilômetros de extensão e cruza os municípios pernambucanos de Cabrobó, Salgueiro, Terra Nova e Verdejante, até a cidade de Penaforte, no Ceará. As demais etapas (2N e 3N) estão praticamente concluídas.

O Eixo Norte, já com 96% das obras finalizadas, irá garantir o abastecimento de mais de 7 milhões de pessoas em 223 municípios nos estados do Ceará, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte. Do total de beneficiados, 4,5 milhões somente na Região Metropolitana de Fortaleza. “A atuação dos estados beneficiários, porém, é determinante para que a água chegue às torneiras das famílias”, observou o ministro. Hoje, o Eixo Norte já reforça o abastecimento de mais de 12 mil pessoas em Terra Nova e na zona rural de Cabrobó, em Pernambuco.

Questionado por senadores quanto à garantia orçamentária para conclusão das obras do Projeto São Francisco, Pádua Andrade frisou que os recursos da União estão assegurados para finalizar os serviços. “Outras obras hídricas complementares como o Apodi (RN), Agreste (PE), Salgado (CE), Entremontes (PE), Piancó (PB) e a barragem de Oiticica (RN), por exemplo, também vão reforçar o abastecimento em cidades nos quatro estados. Por isso, discutimos aqui o apoio do Congresso para esses empreendimentos”, frisou Pádua Andrade.

Eixo Leste – Mais de um milhão de pessoas em 33 municípios da Paraíba e de Pernambuco já estão sendo abastecidas pelo Eixo Leste do Projeto São Francisco, inaugurado em março de 2017. Com a chegada das águas, o Governo Federal evitou que diversas cidades, a exemplo de Campina Grande (PB), entrassem em colapso hídrico. O racionamento na região foi encerrado em agosto do ano passado, após dois anos.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

^ Ir Para Topo ^