HOME_______________________________________________

Campina Grande deverá sofrer racionamento de água

O presidente da Cagepa, Deusdete Queiroga, anunciou que, visto o número de 120 milhões de metros cúbicos do manancial de Boqueirão, Campina Grande vai contar com um racionamento, que está previsto para dezembro deste ano, caso o volume de água diminua para 100 milhões m³.

Ele afirmou que o sistema técnico de distribuição da cidade tem um bom funcionamento, mas o problema se dá por conta do reservatório que está com deficiência.

Já em João Pessoa, a situação é invertida, o manancial de Gramame tem 90% da capacidade, mas existem poucos reservatórios para atender o número de ligações.

– Campina Grande tem uma distribuição um pouco melhor que João Pessoa. A Cagepa concluiu a obra de implantação de equipamentos de automação que ajuda no processo. Porém, Campina Grande recebe água de Boqueirão e há um plano de racionamento para o mês de dezembro, quando o açude chegar aos seus 100 milhões m³ – alegou.

As informações foram concedidas em entrevista à Rádio Correio FM.
Paraibaonline

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^