HOME_______________________________________________

Cássio recebe estudantes do projeto ‘Constituição Viva’

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) recebeu 50 alunos da Universidade Federal da Paraíba, que vieram a Brasília na qualidade de integrantes do projeto “Constituição Viva”. Provando, de fato e de direito, que o gabinete é da Paraíba e dos paraibanos.

A ideia, que já teve uma edição dois anos atrás, é do procurador Luciano Mariz Maia que, embora componente dos quadros do Ministério Público Federal, ainda é professor de Direito na UFPB. “Nesse aspecto, minha vida se assemelha a de um parlamentar. Às quintas-feiras eu embarco para João Pessoa e dou aulas às sextas e segundas. Em seguida, volto para Brasília” – explica, entusiasmado, o professor que se diz disponível para “aprender sempre”.

O senador Cássio Cunha Lima recebeu os estudantes e, como bom anfitrião, ouviu mais do que falou. Os alunos se disseram impressionados com a quantidade de eventos simultâneos que ocorrem no Congresso Nacional. Cássio admitiu que este é um dos desafios na Casa: como se fazer presente, atento e vigilante, diante de tantas demandas. Lembrou, também, que a atividade parlamentar não se encerra na noite de quinta ou na manhã das sextas. “A atividade política, o exercício público, não conhece feriado nem fim-de-semana. O trabalho é contínuo” – explicou o senador, com didatismo.

TEORIA E PRÁTICA – Luciano Maia lembrou aos alunos a trajetória de Cássio, ressaltando que o hoje senador foi deputado constituinte aos 23 anos de idade. “Essa é a história viva. É a prova de que, entre vocês, podem nascer vocações políticas genuínas e termos futuros deputados, futuros senadores, futuros diplomatas” – disse, arrancando aplausos da plateia.

Maia conta que o projeto surgiu como proposta de aproximação entre teoria e prática. Ele explica que é extremamente didático ver ‘in loco’ a gestação do processo legislativo e o cotidiano dos órgãos constitucionais. A visita dos universitários contempla a Procuradoria Geral da República, o STJ, Câmara e Senado, Ministério Público Federal, Supremo, ONU, Pnud e finaliza com a Secretaria de Direitos Humanos. A professora Giuliana Dias Vieira, que é doutora em Relações Internacionais pela Universidade de Sorbonne, Paris, é entusiasta do projeto e também integra a comitiva.

Os alunos se programam o ano inteiro para essa semana em Brasília. Com o apoio logístico do Centro Acadêmico, é possível agendar hotel com melhor tarifa, passagem aérea com preço mais baixo e fechar pacotes para alimentação. O presidente do diretório acadêmico (Datab) Igor Maciel calcula que a viagem à Capital da República custou cerca de mil reais para cada aluno. “Vale muito à pena. É impactante” – resume ele. “É impactante e muito motivador” – acrescenta Harrison Targino Júnior, aluno do 3º semestre de Direito, filho do advogado e professor Harrison Targino.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^