CEREST prioriza demandas do Ministério Público do Trabalho durante pandemia

Em meio à situação da pandemia do novo Coronavírus o CEREST – Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador de Campina Grande e Região, está priorizando as demandas do Ministério Público do Trabalho (MPT), relacionadas à Covid-19.

Recentemente o engenheiro de segurança da unidade de saúde do trabalhador, Artur Sartori, atendendo a uma solicitação do procurador do MPT, Raulino Maracajá, realizou uma avaliação de risco do serviço nas principais empresas de telemarketing de Campina Grande.

Segundo Sartori, o trabalho ocorreu de forma conjunta com o Sindicato dos Trabalhadores do referido setor, para posterior implantação das medidas de precaução nos ambientes e no processo de trabalho da categoria.

De posse do relatório técnico, o MPT emitiu recomendações às empresas de telemarketing para que essas possam se adequar à nova realidade, frente à pandemia, e assim garantir aos seus empregados condições mais seguras de trabalho.

Entre as recomendações sugeridas pelo MPT, às empresas de telemarketing local, destacam-se o distanciamento entre as baias, disponibilização de álcool em gel, utilização de máscaras, ventilação natural, afastamento dos trabalhadores que integram os grupos de risco e a implementação de um plano de contingenciamento.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^