HOME_______________________________________________

Credenciamento de jornalistas para Centro de Divulgação das Eleições


Começou e segue até o dia 15 de setembro o prazo de credenciamento dos órgãos de imprensa para utilização do Centro de Divulgação das Eleições 2014 (CDE), na sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília.

Os interessados devem preencher dois formulários: “Credenciamento de Imprensa para Eleições 2014” e “Solicitação de Espaço Físico no Centro de Divulgação das Eleições 2014”. No dia 17 de setembro, dois dias depois do encerramento das inscrições, será realizado o sorteio da disposição dos lugares onde os jornalistas ficarão no CDE e a distribuição das cabines de rádio.

O CDE vai operar de 22 de setembro a 27 de outubro no 3° andar do edifício-sede do TSE, com espaço para redação, cabines de rádio, local para entrevistas individuais e estúdio para entrevista exclusiva. A área destinada aos jornalistas e redatores contará com 72 lugares sentados, todos com computadores desktop e ponto de rede, além de lugares para os profissionais utilizarem seus notebooks via wi-fi.

No espaço também funcionará o posto de atendimento da Assessoria de Imprensa e Comunicação Social (ASICS) do TSE, que irá auxiliar os correspondentes com informações relativas ao pleito e, ao longo dos dias de votação, com boletins atualizados sobre o andamento das ações da Justiça Eleitoral. Além disso, serão instalados monitores de LCD por todo CDE que, em tempo real, exibirão a totalização dos votos no primeiro e segundo turnos das eleições, dias 5 e 26 de outubro respectivamente.

Estrutura de rádio

Os jornalistas de rádio terão acesso a uma estrutura com 12 cabines de locução, todas preparadas com isolamento acústico, climatizadas, com telefone fixo, energia, computador desktop e rede de internet sem fio.

Espaço para entrevistas

O CDE 2014 vai ter um backdrop de 16,2 metros X 2,5 m para a realização de entrevistas individuais de ministros do Tribunal e secretários de várias áreas de atuação da Corte, ou para entradas ao vivo.

No caso das transmissões ao vivo das entrevistas, as emissoras devem trazer carro de link e aproximadamente 150 metros de cabo (distância entre o espaço de entrevistas e o estacionamento de caminhões link) ou solicitar ao TSE a instalação de antena no terraço do edifício-sede, com estrutura e cabeamento da própria emissora.

Estúdio de gravação

Para as entrevistas de televisão gravadas, o TSE vai disponibilizar um ambiente reservado com tapete e poltronas, com um backdrop de seis metros por cinco ao fundo. Para utilizar esse espaço, as emissoras deverão agendar com certa antecedência. A ordem cronológica dos pedidos será respeitada. A duração da reserva será de 30 minutos e não poderá ser contínua.

Entrevistas coletivas

As entrevistas coletivas acontecerão no Auditório 1, localizado no 1° subsolo do edifício-sede. Os horários das entrevistas com os ministros e secretários da Corte Eleitoral serão informados pela equipe de Assessoria de Imprensa do TSE, que estará no CDE 2014.

Os sinais de áudio e de vídeo das entrevistas coletivas serão disponibilizados por meio de saídas AV localizadas no primeiro pilar do edifício-sede. A ASICS/TSE autorizará a entrada de cinegrafistas e fotógrafos no Auditório 1 para a captação de imagens e sonora das coletivas.

Estacionamento

Os jornalistas que vão cobrir as eleições no CDE 2014 devem utilizar os estacionamentos públicos próximos ao edifício-sede do TSE, localizados entre a Corte e o Tribunal Superior Eleitoral (TST), e o outro, entre o TSE e a embaixada do Reino Unido.

Os caminhões de link poderão estacionar junto ao primeiro pilar do edifício-sede, onde se encontram as saídas AV do Auditório 1, ou em espaço destinado aos caminhões link, próximo da extremidade sul do do TSE. Cabe ressaltar que a distância entre o local das entrevistas individuais e o estacionamento dos caminhões link é de 80 metros, o que faz necessário um cabeamento de aproximadamente 150 metros.
TSE

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^