Racionamento só acaba quando açude chegar a 8,2%

O gerente da Cagepa, Ronaldo Menezes, disse só se pode pensar em acabar com o racionamento em Campina Grande e mais 18 Municípios quando as águas do açude de Boqueirão atingirem um índice de 8,2% da capacidade total. Hoje, este valor é de 4,1%.

Por outro lado, há de se considerar a recuperação nos índices do açude de Boqueirão. Desde o dia 18 de abril, quando as águas do São Francisco chegaram ao açude Epitácio Pessoa, a lâmina de água subiu 1,5 metros, o equivalente a 4.996.920 m³.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

^ Ir Para Topo ^