Discutidos projetos no âmbito do Programa de Parcerias e investimentos

Articular programas de parcerias e investimentos envolvendo o Governo do Estado e a iniciativa privada, com o apoio e a expertise do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), de forma a garantir, cada vez mais, a política de saneamento básico da Paraíba. Com esse objetivo, a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag) capitaneou, na manhã desta sexta-feira (13), reunião com o BNDES visando, a princípio, unir esforços para a idealização de projetos de parceria público-privada (PPP) que atraiam investimentos com foco na ampliação e aperfeiçoamento das condições de saúde pública relacionadas ao tratamento e disposição adequados do esgotamento sanitário.

Além do secretário de Planejamento, Gilmar Martins, participaram da reunião os representantes do BNDES Guilherme Albuquerque, Caio Cavalcanti e Eliezer Nascimento; o secretário de Estado da Infraestrutura, Recursos Hídricos e Meio Ambiente, Deusdete Queiroga; o presidente da Cagepa, Marcus Vinícius; e o secretário executivo de Planejamento, Petrônio Rolim.

De acordo com o secretário executivo de Planejamento, Orçamento e Gestão, Petrônio Rolim, o próximo passo será a definição de um cronograma de trabalho voltado à seleção de projetos para formação de uma carteira de investimentos a serem submetidos ao Programa de Parceria e investimentos (PPI), da instituição financeira em destaque, que ao serem contemplados, além de impactarem na vida da população por meio dos serviços de saneamento, também irão gerar empregos e desenvolvimento econômico de maneira sustentável para a Paraíba.

O chefe do Departamento de Estruturação de Parcerias 1 do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Guilherme Albuquerque, destacou que atualmente um dos principais focos da instituição diz respeito a projetos que levem serviços de saneamento para pelo menos 20 milhões de pessoas no Brasil que não possuem ainda esse serviço prestado de maneira adequada. Segundo ele, estados como o Acre, Amapá, Ceará, Alagoas, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul já possuem parcerias com o Banco neste sentido.

Já segundo o presidente da Cagepa, Marcus Vinícius, a parceria com o BNDES visa unir esforços para trazer a parceria o investimento privado de modo que se possa avançar de forma ainda mais célere quanto à melhoria e adequação da infraestrutura de saneamento do estado. “Isso demonstra o interesse e o objetivo do Governo do Estado na busca do crescimento da qualidade de vida dos paraibanos. Além disso, trazer investimentos é trazer empregos e renda”, disse, destacando que atender a universalização do esgotamento sanitário na Paraíba é uma meta deste governo até o ano de 2033.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^