Mais de 110 mil usuários baixaram aplicativo e-Título

O aplicativo e-Título, da Justiça Eleitoral, que possibilita aos eleitores acessarem uma via digital do título de eleitor por meio do smartphone ou tablet, já contabilizou, até o momento, a emissão de 66 mil documentos com êxito. A novidade, que partiu de uma iniciativa do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC), foi adotada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Para acessar o documento digital, o eleitor deve baixar o aplicativo e-Título, disponível no Google Play desde a última sexta-feira (1º) e na App Store a partir de hoje (5). Até a tarde desta terça-feira, mais de 110 mil usuários já haviam baixado o aplicativo, primeiro passo para a emissão do documento digital.

Para utilizar o aplicativo, o eleitor deverá inserir o número do seu título eleitoral, seu nome, o nome da mãe e do pai e a data de nascimento. O e-Título será validado e liberado. Ao ser acessado pela primeira vez, o documento será gravado localmente e ficará disponível ao eleitor.

A versão digital do título traz novidades em relação ao título tradicional impresso. Para quem já fez o recadastramento biométrico, o e-Título traz a foto do eleitor para identificá-lo na hora da votação, capturada no instante da biometria junto com suas impressões digitais.

No entanto, mesmo os eleitores que ainda não fizeram o recadastramento biométrico podem baixar o aplicativo para usá-lo no dia da eleição, desde que apresentem documento de identificação com foto.

Lançamento

O presidente do TSE, ministro Gilmar Mendes, lançou o aplicativo e-Título no dia 1º de dezembro, em solenidade na Corte Eleitoral. O e-Título surge como alternativa à emissão de títulos eleitorais em papel, o que gerará uma forte contribuição à preservação do meio ambiente. Além disso, proporcionará redução de custos para a Justiça Eleitoral, como os efetuados para a emissão de segundas vias dos títulos extraviados e para suprimentos de impressora, entre outros. Para o eleitor, o benefício virá na facilidade de ter os seus dados eleitorais sempre seguros e disponíveis, diminuindo os riscos de extravios e danos ao título de eleitor.

Na solenidade de lançamento do aplicativo, o ministro Gilmar Mendes disse que a Justiça Eleitoral busca estar na vanguarda das inovações tecnológicas que possam proporcionar uma prestação de serviço ao eleitor mais rápida, transparente, segura e confiável.

Confira o vídeo sobre o e-Título produzido pela Justiça Eleitoral.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

^ Ir Para Topo ^