Cidades

Golfe: brasileiras não vão bem no segundo dia de disputa

A Agência Brasil é a agência de notícias da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), que distribui gratuitamente informações de interesse público. As notícias podem ser reproduzidas desde que citada a fonte.

Após a segunda volta da competição de golfe feminino na Rio 2016, as brasileiras Miriam Nagl e Victoria Lovelady estão entre as últimas atletas na disputa. Victoria terminou o dia em 53º lugar e Miriam em 57º, do total de 60 competidoras.

A golfista brasileira Victoria Lovelady durante treinamento para a Rio 2016

A golfista brasileira Victoria Lovelady durante treinamento para a Rio 2016Reuters/Andrew Boyers/Direitos Reservados 

Cada atleta dará quatro voltas pelos 18 buracos do campo; a última está marcada para o sábado (20), com a definição das medalhistas. A competição ocorre no Campo Olímpico de Golfe, zona oeste do Rio.

Na classificação geral, Victoria está na 56ª colocação e Miriam logo atrás, na 57ª. A sul-coreana Inbee Park lidera a prova, seguida por Stacy Lewis, dos Estados Unidos, e Charley Hull, da Grã-Bretanha.

No masculino, o Brasil terminou na 39ª colocação com Adilson da Silva. O ouro ficou com Justin Rose, da Grã-Bretanha; a prata com o sueco Henrik Stenson; e o bronze com Matt Kuchar, dos Estados Unidos.

O golfe masculino foi disputado nos Jogos Olímpicos do Rio 2016 após 112 anos fora das olimpíadas. E esta é a estreia do golfe feminino nos jogos.

O esporte praticado em um campo com diversas características: grama baixa, grama alta, árvores, pequenos lagos e bancos de areia. O jogador precisa acertar a bolinha em 18 buracos espalhados pelo campo no menor número de tacadas possível.

Powered by WPeMatico

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios