Transposição

Governo quer concluir a Transposição em dezembro

O ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, informou nesta quarta-feira (9) que o prazo previsto para a conclusão das obras do projeto da transposição do rio São Francisco, na região Nordeste, é dezembro de 2015. O ministro participou de audiência pública na Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia, sobre as ações do ministério de combate à seca.

Segundo Teixeira, 390 municípios serão beneficiados pela obra, principalmente dos estados de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará. Ele disse que em alguns locais as obras terminarão antes. “O governo federal já financia a construção de adutoras, para possibilitar que a água do rio Francisco chegue à casa das pessoas, ao final das obras de transposição”, explicou.

Alguns deputados questionaram o ministro sobre a extensão das obras, que começaram a ser planejadas em 2006. Porém, segundo o ministro, só começaram a ser realmente efetivadas em 2009. Segundo ele, as obras da transposição foram retomadas com mais força em 2013, após uma desaceleração em 2011 e 2012. Ele considera o prazo para fim das obras “plausível” pelo tamanho da obra. Francisco Teixeira acrescentou ainda que a obra é constantemente fiscalizada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) e que até hoje não foi encontrada nenhuma irregularidade grave.

Teixeira informou ainda que o governo já gastou R$ 4 bilhões dos R$ 8 bilhões previstos para o projeto da transposição. Segundo ele, as obras representam a maior parte dos investimentos. Mas ele ressaltou que 12% do investimento vão para programas ambientais.

O deputado Nilson Leitão (PSDB-MT), no entanto, lembrou que inicialmente a obra estava prevista R$ 2 bilhões.

O presidente da Comissão de Integração, deputado Domingos Neto (Pros-CE), pediu que o ministro agendasse visita dos deputados da comissão às obras da transposição. Além disso, ele questionou o ministro sobre a reestruturação do Departamento Nacional de Obras contra a Seca (Denocs). “A reestruturação do Denocs está agora sendo analisada pelo Ministério do Planejamento”, respondeu o ministro. Segundo ele, o Ministério da Integração já concluiu, por enquanto, sua parte no planejamento dessa reestruturação, a qual, segundo ele, “não é simples” e envolve, por exemplo, a reestruturação do quadro de pessoal e salarial.
Agência Câmara

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios