HOME_______________________________________________

Instituto dos Cegos teme fechar as portas e pede doações

O Instituto dos Cegos da Paraíba Adalgisa Cunha atende atualmente cerca de 200 estudantes crianças, adolescentes e adultos com recursos provenientes de ajuda pública.O local corre os riscos de fechar as portas novamente por falta de recursos e iniciou uma campanha de pedido de doações. Para se ter uma ideia dos custos para manter o local ativo, os gastos apenas com o material escolar ultrapassa os R$ 57 mil.

O Instituto dos Cegos da Paraíba Adalgisa Cunha foi fundado em 16 de maio de 1944, portanto esse ano completou 70 anos de idade. Ao longo deste período, educou, reabilitou, profissionalizou e incluiu na sociedade muitas pessoas com deficiência visual, advindas de todos os recantos da PB e de outros estados do Nordeste, originárias em geral das camadas mais pobres de nossa sociedade, todavia, hoje são profissionais competentes em diversos ramos de atividades públicas e privadas, constituindo família como pais e mães, estando plenamente incluídos em todo o contexto social.

Como em geral as pessoas com deficiência visual são originárias de famílias muito pobres, estas pessoas não têm como fazer qualquer contribuição ao Instituto dos Cegos da Paraíba Adalgisa Cunha, razão pela qual, há de se ter em mente, que a educação, a formação, a reabilitação, a profissionalização e a inclusão social destas pessoas, caso a sociedade pretenda incluí-las, deve ser arcada pelas próprias instituições especializadas, que, por sua vez, precisam da ajuda inestimável desta sociedade.

Para tanto, são necessários muitos recursos, porque a formação, a educação, a reabilitação, a profissionalização e a colocação de pessoas com deficiência visual no mercado de trabalho são muito honerosas, pois todas estas etapas são realizadas quase individualmente, precisando de uma razoável quantidade de técnicos, profissionais de reabilitação, professores especializados, psicólogos, terapeutas ocupacionais e, finalmente, toda uma gama de profissionais competentes e motivados para tal desiderato.

Além da mão-de-obra altamente qualificada e especializada, os equipamentos didático-pedagógicos, os aparelhos voltados para a reabilitação destas pessoas e os equipamentos para a produção do sistema de escrita em Braille, além do próprio papel são muito caros.

Em resumo, os recursos oferecidos pelo governo não são suficientes para que o Instituto dos Cegos da Paraíba possa desenvolver suas atividades, portanto o Instituto dos Cegos da Paraíba precisa da ajuda pública para continuar incluindo as pessoas com deficiência visual na sociedade, sob pena de ter de fechar suas portas novamente, se tais ajudas não acontecerem.

Para contribuir com o projeto cidadão existe a Conta Corrente no Banco do Brasil para depósito bancário, temos o débito automático pelo Banco do Brasil, que à partir da quantia de R$10, é retirado da conta do solicitante para a conta do Instituto dos Cegos mensalmente no dia e no valor autorizado, e a opção do motoboy devidamente fardado, com recibo da nossa instituição, pegará no dia e hora marcado o valor autorizado.

Nossa conta para depósito é:
Agência: 0011-6
Conta Corrente: 23.000-6
Banco do Brasil
àPedimos sempre que possível para fazer o depósito identificado.
O Instituto dos Cegos fica localizado na Av. Santa Catarina 396 Bairro dos Estados. (em frente ao Lar da Providencia)
Telefone: 3244-6220 opção (8)
Telemarketing: 3045-1558
Gerente de Telemarketig (TAYNÁ) 9629-1415
www.icpac.com.br
https://www.facebook.com/ICPAC
email- institutodoscegospb@hotmail.com

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^