DestaquesPolítica

Integração destina R$ 22 milhões para ampliar oferta de água

Brasília-DF, 30/1/17 – “No próximo dia 6 de março faremos a entrega da água do São Francisco à Paraíba, em cerimônia na cidade de Monteiro”. A afirmação do ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, foi feita durante evento de prestação de contas sobre o fim das obras do Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco, nesta segunda-feira (30), em Campina Grande (PB). Na ocasião, o ministro também falou dos investimentos feitos durante sua gestão e anunciou repasses federais de R$ 22,3 milhões para obras hídricas no estado e para o abastecimento de água, por meio de carros-pipa, à população do município.

Os anúncios fazem parte do conjunto de medidas do Governo Federal para apoiar as regiões que sofrem com a seca prolongada. Primeiro, o ministro apresentou um balanço dos investimentos realizados desde que assumiu o Ministério, em maio de 2016, período em que os pagamentos federais para ações que visam ao aumento da oferta de água nos estados do Nordeste foram ampliados em 21,2%.

“Nós estamos aqui mostrando à sociedade de Campina Grande e de toda a Paraíba os investimentos que o Governo Federal está realizando em parceria com os municípios e com o Estado, sinalizando os prazos de entrega das obras e seus benefícios, para fazer o enfrentamento e garantir a convivência com a seca”, afirmou o ministro Helder Barbalho.

Do montante de R$ 22,3 milhões, já foram autorizados hoje (30) o empenho e a transferência de R$ 11,1 milhões, por meio de portaria publicada no Diário Oficial da União. O recurso será utilizado na construção de três adutoras de engate rápido que atenderão os municípios de Pilões, Diamante, Boa Ventura, Jericó e Mato Grosso. Cerca de 16 mil pessoas serão beneficiadas.  Os outros R$ 2,7 milhões são destinados à contratação de 50 caminhões-pipa que irão garantir o abastecimento de mais de 380 mil pessoas em Campina Grande. Acesse a portaria.

O ministério ainda irá liberar mais R$ 11,2 milhões para a implantação dos sistemas adutores de São José de Piranhas e Piancó.

Oferta de água e desenvolvimento regional – O ministro Helder Barbalho atendeu a uma das determinações do presidente da República, Michel Temer, de disponibilizar todo o apoio necessário para reduzir os danos e prejuízos causados pela seca nos estados do Nordeste. Uma das mais importantes obras hídricas da Paraíba, a Vertente Litorânea, que receberá e distribuirá água do Projeto São Francisco, registrou um aumento de 65% nos repasses nos últimos oito meses, totalizando R$ 91,2 milhões.

Para ações da Defesa Civil Nacional, voltadas ao abastecimento emergencial de água como a operação carro-pipa, foram repassados R$ 2,8 milhões e mais R$ 13,2 milhões para a implementação do sistema adutor de Itaporanga/Nova Olinda/Pedra Branca. Outros investimentos:  R$ 2,7 milhões para o sistema adutor Natuba, R$ 5 milhões para o sistema integrado de abastecimento de água do Retiro e R$ 4 milhões para o sistema adutor Boqueirão. Além disso, foram pagos R$ 5,4 milhões para a construção de açudes no estado.

O desenvolvimento econômico também ganhou impulso com os recursos dos Fundos regionais. Empregos e renda foram gerados no setor produtivo paraibano com a aprovação de empréstimos que ultrapassam os R$ 430 milhões do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). Mais R$ 30,6 milhões foram garantidos para projetos financiados pelo Fundo de Desenvolvimento do Nordeste (FDNE) na Paraíba.

Projeto São Francisco – Antes de chegar a Campina Grande, o ministro Helder Barbalho realizou vistoria nas duas últimas estações de bombeamento do Eixo Leste do Projeto São Francisco, em Sertânia (PE). Já no estado paraibano, o ministro fez inspeções nas barragens Poções, em Monteiro, e Camalaú, no município paraibano de mesmo nome. Esse conjunto de obras vai garantir que as águas do “Velho Chico” cheguem à Paraíba.

“Hoje inauguramos a EBV-3 com o presidente Michel Temer. Depois, pude vistoriar as estações do final do Eixo Leste e também as obras no açude Poções e Camalaú – serviços que estão sendo feitos com o Governo do Estado – para que no prazo limite do mês de abril as águas do São Francisco possam atender a região de Campina Grande”, concluiu o ministro.
Ministério da Integração

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios