Quinta-Feira, 19 de Abril de 2018

PROCON reúne representantes da rede bancária

Com o objetivo de encontrar soluções que amenizem as dificuldades enfrentadas pela população campinense, nas filas de bancos, o coordenador do PROCON Municipal, Rivaldo Rodrigues se reuniu no auditório do Ipsem, com os representantes dos bancos da cidade.

Participaram da reunião os bancos do Brasil, Bradesco, Santander e Itaú, além dos procuradores do município Alexandro Farias, Oto Caju e Germana Pires e o presidente do Sindicato dos Bancários, Rostand Silva Lucena.

De acordo com Rivaldo, o objetivo do PROCON é ouvir os bancos para solucionar o problema das filas, já que a Lei das Filas foi promulgada em 2004 e 14 anos depois as filas continuam existindo e gerando reclamações. “O PROCON tem a obrigação de cobrar da rede bancária um melhor atendimento para o consumidor, e para isto as fiscalizações são realizadas quase que diariamente com aplicação de multas”.

Rivaldo esclarece ainda que, “nós (PROCON) não temos como objetivo principal arrecadação, tem sim a obrigação de encontrar uma solução para o problema e minimizar ao máximo as filas. Somente no primeiro trimestre deste ano, foram feitas 300 reclamações do atendimento na rede bancária de Campina Grande pelo consumidor, além da falta de dinheiro nos caixas eletrônicos nos finais de semana”.

O representante do Bradesco informou que no autoatendimento sempre tem uma pessoa para auxiliar quem não sabe utilizar o caixa eletrônico, principalmente nos dias de pagamento do INSS.

Para tentar melhorar o atendimento, o Banco do Brasil está abrindo as suas portas às 8h para o autoatendimento e nos primeiros cinco dias do mês o expediente começa às 9h.

O objetivo do Itaú é aumentar o número de correspondentes bancários e está abrindo o banco às 8h para o pagamento das aposentadorias e das 16h às 18h para atendimento aos clientes.
O Santander conta um caixa para o pagamento dos aposentados e abre à agência a partir das 8h30, as grandes filas sempre acontecem nos primeiros dias de cada mês.

Ficou decidido na reunião, que a rede bancária deve apresentar um Plano de Ação com soluções criativas para minimizar os transtornos das filas, que deve ser entregue ao PROCON até o dia 15 de maio, e foi marcada para o dia 15 de junho, no auditório do Ipsem uma nova reunião para a assinatura de um TAC – Termo de Ajustamento de Conduta.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

^ Ir Para Topo ^