DestaquesPolicial

Luiz Couto cobra punição a assassinos de líder comunitária

Em discurso no plenário da Câmara dos Deputados Luiz Couto (PT-PB) cobrou punição aos assassinos de Dora Priante, uma líder comunitária de 54 anos sequestrada, torturada e morta no dia 12 de agosto de 2015.

“Foi mais uma vítima mulher, brutalmente assassinada por criminosos em um histórico conflito agrário. Essa questão tem provocado um banho de sangue. São líderes comunitários sofrendo perseguições de grandes empresários; madeireiros ligados ao agronegócio e que expulsam moradores e pequenos agricultores que ali se estabeleceram durante anos. Há uma chacina generalizada no meio agrário. Nós, autoridades políticas, precisamos nos posicionar diante desses fatos que mancham o progresso do Brasil”, declarou o deputado paraibano.

O parlamentar adiantou que ainda no primeiro semestre apresentará requerimentos para fortalecer a luta contra perseguições a líderes comunitários, índios e populares humildes e pequenos agricultores. “Temos a obrigação de colocar um ponto final nessas chacinas”.

Couto ainda registrou outro caso parecido e prestou solidariedade à família e aos amigos de Waldomiro Costa Pereira, que foi assassinado na madrugada de 20 de março. Ele era um militante do MST desde 1996 e contribuiu durante um longo período com a luta pela reforma agrária.

Quando ao júri popular dos acusados da morte de Dora Priante, os réus Adson Dias da Silva e Ronaldo de Paula da Silva foram condenados, somando as duas condenações, a 39 anos de prisão. Adson foi condenado a uma pena de 20 anos de reclusão e Ronaldo a 19 anos.

Ronaldo confessou que foi contratado por Adson para auxiliar no sequestro da vítima. Ambos, foram considerados culpados pelo crime de homicídio qualificado com motivo fútil.
Ascom

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios