Sexta-Feira, 18 de Maio de 2018

Corpo de Rômulo Gouveia sepultado com honras

O corpo do deputado federal e presidente estadual do PSD, Rômulo Gouveia foi sepultado nesta segunda-feira (14), no Cemitério Campo Santo da Paz, em Campina Grande. Rômulo foi velado no local desde à tarde do domingo (13). Foi vítima de infarto na madrugada de ontem em casa.

Trajetória

Rômulo José de Gouveia nasceu no dia 19 de março de 1965 em Campina Grande. Foi administrador, bacharel em Direito e funcionário público. Começou atuando na política em Campina Grande, cidade onde nasceu. Foi presidente da SAB (Sociedade de Amigos de Bairro) do Jardim Tavares e da UCES (União Campinense de Equipes Sociais).
Em 1989, foi convidado para ocupar o cargo de coordenador da Merenda Escolar da 3ª Região de Ensino, em Campina Grande. Depois, foi diretor regional da Companhia Estadual de Habitação Popular e em 1993, foi eleito vereador em Campina Grande, sendo reeleito no mandado seguinte.

Quando vereador ocupou a presidência da Câmara de Vereadores por duas vezes. Em 1998, foi eleito o deputado estadual mais votado em Campina Grande. Entre 2000 e 2002, a convite do então prefeito de Campina Grande, Cássio Cunha Lima, ocupou a Secretaria de Coordenação Política. Em 2002, foi reeleito deputado estadual e, mais uma vez, o mais votado em Campina Grande.

Foi presidente da Assembleia Legislativa do Estado por duas vezes – tornando-se o primeiro deputado reeleito para presidência da Casa de Epitácio Pessoa. Enquanto exercia mandatos legislativos, chegou a atuar interinamente como prefeito de Campina Grande e também como governador do Estado.

Ele disputou, em 2004, a Prefeitura de Campina Grande, mas não teve sucesso. Em 2008 ele tentou novamente ser prefeito da Rainha da Borborema, mas não conseguiu.

Em 2006, foi o deputado federal mais votado em Campina Grande. Na Câmara Federal, desempenhou papéis importantes nas principais comissões daquela casa, atuando, sobretudo, nas áreas de saúde, educação e emprego, meio ambiente e tecnologia.

Também foi presidente da Subcomissão da Copa do Mundo 2014 e Olimpíadas 2016 (vinculada à Comissão Permanente de Fiscalização Financeira e Controle, da qual foi vice-presidente), trabalhando para que estes eventos tenham o máximo de transparência e o mínimo de desperdício quanto o assunto é dinheiro público.

Em 2010, com a aliança entre o senador Cássio Cunha Lima e o governador Ricardo Coutinho, foi eleito vice-governador. Em 2014 rompeu politicamente com Ricardo e apoiou a candidatura de Cássio ao Governo do Estado.
No mesmo ano foi eleito deputado federal. Atualmente estava como presidente estadual do PSD na Paraíba e iniciava a pré-campanha para à reeleição.

Foi casado com a senhora ex-deputada Eva Gouveia com a qual teve quatro filhos: Robson, Lucas, Pablo e Rômulo Filho. Era filho de José Antônio de Gouveia e Berenice de Almeida Gouveia.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

^ Ir Para Topo ^