Paulo Paim classifica reforma trabalhista como ‘desuma e cruel’

0

O senador Paulo Paim (PT-RS) classificou como “desumana e cruel” a reforma trabalhista, afirmando que, se a proposta for mantida como está, ela irá agravar o conflito entre empregados e empregadores. Segundo Paim, a sessão temática sobre a reforma, realizada no Plenário do Senado, deixou claro que é preciso fazer ajustes no texto. Ele condenou o dispositivo que autoriza o trabalho intermitente, e sublinhou que os trabalhadores não estão em posição favorável para livre negociação num cenário de desemprego elevado.

Paulo Paim ainda acusou o governo de comprar espaço nos meios de comunicação para disseminar ideias erradas sobre as reformas trabalhista e da Previdência. Ele disse que a Câmara dos Deputados terá uma oportunidade única de defender os interesses do povo e rejeitar a troca de favores com o Palácio do Planalto. Paim cobrou equilíbrio e calma no debate sobre esses temas, e criticou a pressa na aprovação de matéria de tanta gravidade.

– Nós não aceitaremos que queiram aprovar isso correndo. Ninguém tem o direito de querer derrubar quase um século de construção de direitos do povo brasileiro em dez dias – firmou o senador.
Agência Senado

Deixe uma resposta

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

^ ^^ ^