ManchetesTransposição

Moacir demonstra preocupação com a paralisação da Transposição

Em reportagem publicada o presidente da AESA-PB informa da paralisação do bombeamento da Transposição do Rio São Francisco interrompendo a entrega das águas ao leito do Rio Paraíba. Na reportagem, há menção sobre a exigência do Ministério da Integração Nacional para que os Estados beneficiados arquem com o custo de 140 milhões de reais da operação e manutenção da obra.

Segundo Moacir Rodrigues, deputado estadual eleito, diz que “ao me deparar com a referida matéria jornalística imagino que a AESA poderia ter tomado medidas de precaução efetivas para impedir que a situação chegasse a tal ponto. Se há um custo a pagar relacionado ao fornecimento de energia elétrica, o Estado da Paraíba deveria ter se antecipado e apresentado projetos de geração de energias alternativas (eólica e solar) em conjunto com os demais Estados beneficiados”.

Para ele, “ao que nos parece, somente agora a AESA-PB vem a público expor o tamanho do problema e que pode refletir no desabastecimento de uma população de mais de 800 mil pessoas. Portanto, a hora é de buscar soluções em conjunto com o Governo Federal e elaborar projetos de geração de energia que aliviem os custos que são divulgados”.

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios