Mundo

É Natal!

Meus amigos, brasileiros de todos os recantos e cantos desse nosso território o qual se assemelha a um continente, deixem-me falar-lhes: é Natal! É dezembro, o mês dos acontecimentos daqui e d’alem, em cada momento. Nos dias das muitas reuniões, festas, alegrias esfuziantes e promessas tantas que pessoas fazem a si próprias e a testemunhas as mais variadas, com os compromissos de que “no próximo ano vai ser diferente”… Há intensas falas sobre o desejo de novos caminhos, novas e boas (sempre) realizações para que nada seja igual ao ano que passou, ou mesmo sobre o tempo que para muitos termina, como um ciclo de realizações não alcançadas.

Para tantos outros, porém, há uma alegria resultante do que se conseguiu fazer; há uma esperança sobre o que se pretende construir, realizar na continuidade da vida! Há um simbólico quilômetro à frente onde pretendemos chegar por essa estrada que se nos foi feita de caminho em cada uma de nossas decisões, porquanto todas feitas das nossas conquistas, decorrentes do empenho, das lutas e da perseverança!

Mas, não podemos estar sozinhos, ainda que sorridentes de alguma forma, ou tristes mesmo presentes nalguma festa. Existe em cada ser uma necessidade de companhia, de motivos de Esperança, a qual na maioria das vezes, nem sempre entendemos ou conseguimos saber onde encontrar seja para agradecermos, ou para ser um ponto de inspiração para a busca de realizações futuras.

Desde os primórdios são registradas de formas diferentes, é verdade, as vicissitudes da alma e dos sentimentos humanos na incessante busca de resposta sobre sua origem, natureza e destino. O hoje, sempre se manifesta assim, como antes. De tudo, porém, há que se ter em mente, creiamos ou não: o aniversariante e o motivo maior do natal é o natalício, ou seja: o Nascimento de Jesus, o Cristo do Eterno de Israel. Isto é o que deve ser dezembro: alegria na comemoração pelo nascimento da Esperança!

A Esperança tem um nome: Jesus o Príncipe da Paz, o Conselheiro, o Deus Forte e Pai da Eternidade. Nele podemos confiar, pois deve ser, antes de tudo, nossa real inspiração. Comemore, festeje, faça um balanço da vida, não se sinta só.

E mesmo que esteja com uma companhia, mesmo assim: faça-se amigo de Jesus porque Ele deve ser a Real alegria neste seu dezembro de 2013 e muito mais no porvir de sua existência.

É Natal, Jesus Nasceu; brinde com Ele a sua origem, converse com Ele sobre o seu hoje, descubra com Ele o seu destino, faça Dele sua Vida de Paz e com Ele o seu Futuro!

Feliz 2014.

…………..

Patologias reincidentes

Há uma perplexidade na área da saúde, face ao recrudescimento da dengue, e diversas patologias reincidentes que levam inúmeras pessoas aos hospitais e postos de saúde em todo o País.

Muitas reportagens sobre o caos em que se encontra a saúde pública denuncia a ausência de planejamento e execução de ações preventivas e pontuais, sem que se considere o aumento da população e investimentos preventivos.

Algumas ações isoladas, porém, como por exemplo: a construção de uma Policlínica na cidade de Santa Luzia, Paraíba, é uma demonstração das autoridades municipais ao reverem suas posições em relação à centralização das ações emanadas de Brasília.

Fala-se cada vez mais na necessidade da revisão do Pacto Federativo, isto deve ser momento singular para se direcionar tais discussões nessa direção, sem dúvida.

O Prefeito da cidade de Santa Luzia, Dr. Ademir Morais, ao proceder no início deste ano, em março à inauguração da Policlínica e duas Academias tudo construído basicamente com recursos próprios e ajuda do Governo do Estado, permitirá à População de Santa Luzia e municípios circunvizinhos melhores condições de atendimento às suas necessidades de tratamento. Parabéns povo de Santa Luzia, parabéns Prefeito Ademir Morais.

Enquanto isto as pesquisas lideradas pela Universidade da Columbia continuam intensas e ampliam suas bases instalando-se em países fora do âmbito dos Estados Unidos, como é o caso da instalação de importante polo daquela Universidade na cidade do Rio de Janeiro. Este é um acontecimento de particular importância. E o que dizer do avanço das Neurociências na localização de pontos importantes e especiais do cérebro de cada ser humano.

Deus tem seus pensamentos, como está registrado nas Sagradas Escrituras. E o Criador tem permitido que seus pensamentos que antecederam a criação de todas as coisas inclusive o cérebro, possa ser também conhecido dos cientistas que se empenham em descobrir segredos “dessa última fronteira” que o cérebro humano.

…………..

2013: Novidades

No Brasil, além das festividades próprias de fim de ano, recesso do Congresso Nacional e dos Parlamentos estaduais e municipais Brasil afora, ocorreu o anúncio do aumento do Salário Mínimo, desde primeiro de janeiro de 2013 que passou para R$678,00, (seiscentos e setenta e oito reais), um valor calculado acima da inflação, num percentual de 9%, (nove por cento).

Também, como noticia importante, a Presidenta Dilma anunciou, através da Ministra Chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, sobre a isenção do Imposto de Renda de Pessoa Física os valores de até R$ 6.000 recebidos de participação em lucros e resultados (PLR).

Importantes modificações foram determinadas para outras faixas, quais sejam: acima de R$ 6.000,01 e até R$ 9.000, a alíquota será 7,5%.

Entre R$ 9.000,01 e R$ 12.000, a taxa será de 15%.

Nos ganhos entre R$ 12.000,01 e R$ 15.000, a alíquota será de 22,5%, e acima de R$ 15.000,01 o imposto será de 27,5%.

São esforços na direção e busca, desde já, da revitalização da economia para o ano de 2013, e a manutenção do poder de compra pelas classes menos favorecidas. No entanto, tais medidas não serão suficientes para que a meta de pouco mais de 5% (cinco por cento) de inflação prevista seja alcançada, pois que outras medidas sérias necessitam ser postas em prática tais como: a estabilização das despesas da maquina pública e a eficácia dessa máquina, e o aumento da receita pela cobrança – sobretudo – dos grandes e permanentes devedores ao erário público.

Enquanto isto a discussão nos EUA é sobre o grande abismo fiscal que segundo influentes analistas de seus mercados tiveram um dia de baixas nesta segunda-feira, 24, pois a cautela dos investidores, preocupados com o “ABISMO FISCAL” prejudicou o inicio do que costuma ser um bom período para o comércio de ações.

Outra notícia diz respeito à saúde do grande estadista Nelson Mandela, de 94 anos, ex-presidente da África do Sul. Segundo o Centro Hospitalar de Pretória no qual se recupera da extração de um cálculo biliar.

Do lado do mundo a discussão é outra, e de profundas preocupações: a Rússia e a Síria se reúnem para discutirem a Segurança de Armas Químicas.

É preciso que líderes mundiais estejam atentos, pois ali não está havendo uma discussão sobre a extinção de armas tão letais para a humanidade, porém, sobre a sua segurança. É preocupante. O Ministro das Relações Exteriores da Rússia, disse acreditar, segundo agências internacionais, que o governo do presidente Bashar AL-Assad não usaria armas químicas na guerra civil do país, enfatizando que tal utilização seria um “suicídio político”. Mas a realidade é que se tem observado uma movimentação incomum com armas químicas dentro do território Sírio o que é de estarrecer se forem confirmados os intentos do governante sírio de que realmente pretende utilizar tais armas. É alarmante. Oremos para que o Natal seja um tempo para reflexão e de mudanças e nos permita um Feliz 2013.

………….

DIFÍCIL DE COMPREENDER

Há situações e notícias que são difíceis de entender. Um atirador, e não são esclarecidas as razões – (e nunca serão) – atira e mata 20 crianças e adultos, numa escola nos Estados Unidos. É mais um desastre semelhante a situações iguais em tempos anteriores. E providências? Nenhuma. Apenas choro e lágrimas. E por quê? O poder dos fabricantes de armas não deixa haver mudanças. E, dois dias depois, nova tragédia. E as pessoas com a mesma liberdade de poder comprar, com queiram, suas armas. Assim é o mundo, onde os poderosos pouco se importam realmente com a vida. A permissão para a compra e a utilização de armas livremente é uma máxima dos Americanos em nome da liberdade.  E onde não há essa “liberdade”, há o contrabando. A indústria das armas é cada vez mais lucrativa.

No aeroporto do Paquistão um atentado tira a vida de inúmeros inocentes, um atentado perpetrado que foi em nome de uma causa. É a mesma insanidade. E por mais que se tente propagar o Nome da Paz que há somente em Jesus, os impedimentos são inúmeros com as mais variadas justificativas, menos a aplicação prática dos ensinamentos do mestre que manda orar pelos inimigos e perdoar; esta a máxima de Jesus: “… é perdoando que se é perdoado”.

O ataque ao aeroporto Bacha Khan começou com o lançamento de pelo menos quatro mísseis e a posterior tentativa de vários insurgentes fortemente armados e carregados de explosivos de entrar, embora sem sucesso, no saguão, pois o controle da polícia se fez presente, e mesmo assim, morreram um civil, um policial e cinco insurgentes, elevando o total de mortes para cinco civis, nove talibãs e dois policiais. Além disso, dos 46 feridos, quatro estão internados em estado grave.

É a ganância, o afã pelos bens e a riqueza desmesurada, a ânsia de poder tem impedido a visão ampla de quantos poderiam ministrar a alegria sobre a terra, ao contrario do ódio e das cizânias.

Enquanto isso no Brasil, o vírus da violência com outras justificativas é inoculado na população – diria até durante quase 24 horas. Vendo-se os enredos permanentes das novelas e filmes de programas televisivos, têm-se, ali, verdadeiras aulas de intolerância, escolas de descaminhos.

Como se não bastasse, outras lutas são desiguais, geradoras do solapamento da vida. Embora o Brasil tenha reduzido a mortalidade infantil, ela ainda está num patamar distante de países desenvolvidos. Os dados do IBGE, (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), quanto às “Estatísticas do Registro Civil”, revelam que os chamados óbitos de neonatais (precoces e tardias, somados), atingiram, em 2011, 68,3% do total de mortes de menores de 01 ano, é um dado alarmante.

Mas, na realidade, o que se espera é uma mudança. Especialmente no limiar de um novo ano muitos se propõem a mudanças. Há esperança.

Havendo melhor controle do tempo; das aplicações dos recursos financeiros e materiais, com inteligência e planejamento; com ações e responsabilidade. Que bom seria que os detentores dos Poderes em sua tríplice existência: o Poder Legislativo, o Poder Executivo e o Poder Judiciário, mas com um funcionamento independente, mas harmônicos entre si, buscassem na prática e nas ações o bem comum, dariam, sem dúvida, um exemplo extraordinário ao cidadão e à cidadã em todas as esferas da sociedade, e quem sabe antes da Copa do Mundo. Feliz Natal, Feliz ano de 2013.

………..

CIDADES DISTINTAS

Neste mês de dezembro de 2012, separei fotos de três cidades bem distintas em suas etnias, para se estimular um pouco com algumas cidades do Brasil. A comparação não será aprofundada, nem longa, apenas para ressaltar que em situações diferentes há um traço comum nestas cidades de países diferentes e culturas diferentes, como por exemplo, Tel Aviv em Israel, milenar como tudo naquela região do oriente, mantém um padrão de limpeza e cuidados para com seus cidadãos em todas as áreas a que se destina a administração de uma cidade, o zelo e o cuidar de seus cidadãos.

TEL AVIV – ISRAEL

Na Arábia Saudita verifica-se o mesmo sentido da administração, no trato dos assuntos da cidade, a preocupação com o bem estar de seus cidadãos. Mesmo que seja uma cidade privilegiada com os royalties da imensa produção de petróleo, existem medidas de austeridade e direcionamento dos recursos auferidos para o bem coletivo.

RIAD, ARÁBIA SAUDITA

Por seu turno, vemos, abaixo, Munique – capital da Baviera, uma cidade das mais lindas da Alemanha, onde se realiza a Oktoberfest para festejar o que é considerado a melhor cerveja do mundo. Mas, também, ali há um mesmo traço comum as demais: a preocupação com o Planejamento e a busca de perspectivas que melhorem sempre e mais as condições de vida em favor de seus habitantes.

MUNIQUE, ALEMANHA

É bem verdade que essas como tantas outras em muitos países, são cidade antigas e com um passado de lutas e aprimoramentos. Entretanto, quando observamos as cidades brasileiras, lamentamos a ausência de planejamentos, de equipes pensantes e de execução de aprimoramentos do que já existe e em relação a inovações resultantes de planejamento e exames em perspectiva.

Tomo como exemplo, (e ruim, hoje, a cidade de Brasília). Cheguei bem no início de 1958 nesse canteiro de obras. Uma epopeia, um desafio dos mais empolgantes. A realização de Brasília foi fruto de planejamento, ideário e visão histórica e de futuro. O Projeto Piloto até hoje encanta pela sua singela, singularidades e perspectiva futurista. Leiam-se os depoimentos de seus idealizadores o Professor, Arquiteto Lúcio Costa; e agora, especialmente com a partida de seu Arquiteto maior Oscar Niemayer.

Mas o inchaço habitacional e as mudanças abusivas no plano de ocupação territorial do Distrito Federal enfeiam e distorcem seu Partido Urbanístico de maneira pobre e sem planejamento, é lamentável. E, pelo visto nas principais cidades do País, o que se vê é a ausência de preocupações por parte das novas autoridades constituídas em buscar soluções inovadoras e fora das mesmices de sempre; ano após ano e nada de novo. Mas, vem aí a Copa do Mundo. Vamos esperar.

………..

ONDE ESTÃO OS PLANEJAMENTOS E AS AÇÕES PREVENTIVAS?

Pelo Brasil afora o que se tem visto, com perplexidade, é a violência alastrando-se sem o controle efetivo da situação, exatamente pelo despreparo das autoridades constituídas. Onde estão os planejamentos e as ações preventivas. É só comparar o número de vítimas na guerra do oriente médio com a situação de São Paulo para se constatar que algo efetivamente precisa acontecer; e rápido.

Mas, de modo geral, aí está a mídia para entorpecer a população com suas novelas e fazendas, e a massificação de notícias sobre o quanto mais supérfluo for, melhor. Afinal com as altas taxas de analfabetismo e uma estrutura de ensino ausente de educação pouco pode se esperar na formação de capacidade crítica da população. A quem interessa?

Enquanto isto a crise financeira e econômica se alastra de forma intensa na velha Europa e seus reflexos ainda são de difícil identificação, entretanto podem se tornar presa fácil para aventureiros ditatoriais. É necessária uma boa dose de atenção e reflexões. Boa foi a palavra da Presidenta Dilma ao chamar a atenção dos ortodoxos que miram sempre numa direção estreita da redução de gastos. Porém, pelo menos não se publicou, não há uma proposta mais direta sobre a otimização das aplicações, (gastos) dos recursos financeiros que tão duramente são sacados – via impostos – da população.

O Brasil precisa inovar. Promover pesquisas e debates para dispor de indicadores mais precisos para a formulação de Planejamento que defina Metas, Estratégias e Identifique os Resultados para a efetividade da aplicação dos recursos auferidos da população. O País, espelhando-se na situação atual deve “correr” para a prática de ações efetivas e duradouras no que diga respeito a uma política preventiva contra os ataques que se avizinham para prejudicar a população brasileira que não dispõe de reservas de capital cognitivo, nem financeiro, nem patrimonial, para enfrentar o que vem por aí.

A situação de inadimplência nos Estados Unidos é grave, mas dispõem de uma indústria forte e sempre se renovando. A Europa, também, com alta de taxa de desemprego se intranquiliza, mas dispõe de um lastro de conhecimento que tem permitido (e induzido) seus cidadãos a demandarem emprego no Brasil, e isto exatamente pelo capital cognitivo que são portadores.

Com o espelho do que vai pelo mundo, o Brasil precisa se preparar e fazer uma administração por objetivos, e não continuar a busca de soluções para os problemas apenas quando surgem. O País, com novos Prefeitos eleitos em 2012, tem uma singular oportunidade de aproveitar essa crise mundial e “botar as barbas de molho”, este é o tempo.

………..

OS ACONTECIMENTOS DE AGOSTO SÃO UM ALERTA À REFLEXÃO

Os acontecimentos se atropelaram neste mês de agosto de 2012, como nunca: seja no Brasil, ou pelo mundo, nas diversas áreas do conhecimento, das ciências, dos relacionamentos humanos, e a própria natureza tem sido pródiga em gerar ocorrências várias como a seca em muitos rincões desses brasis afora, as chuvas temporãs e torrenciais em toda a face da terra, além da ação destruidora do furacão Isaac por alguns Estados da América do Norte.

A violência em todas as partes no Brasil e no Mundo, e de forma mais aguda na Síria.

O que dizer, ainda, dos brutais ataques a civis no Sudão; e o terrorismo psicológico no Paquistão, tudo marcou de forma inusitada este mês de agosto que chega ao seu final e completa um sexto do segundo semestre deste ano que se escoa. Mas tivemos também as Olimpíadas em Londres que abriga, ainda, as Paralimpidas. Um grande sucesso.

O que vamos esperar, agora, em setembro? A primavera, as flores, os perfumes exalados pelos ares sobre muitos jardins como que a indicar que é tempo, ainda, para as reflexões sobre a importância da vida que não deve ser entendida como algo apenas passageiro ou para se cumprir durante um espaço de tempo aqui na terra, simplesmente?

O mundo, por si, continua assistindo passivamente a quebra de valores os quais deveriam ser mais respeitados em prol da própria sobrevivência da civilização que se esgarça em seus muitos matizes do tecido social.

Entretanto o que se exercita, e as notícias divulgadas o revelam, é a busca desenfreada pelo “status” e o angariar bens de consumo o mais rápido que se possa. É o que se vê.

Mas, como a Teoria do Caos examina e afirma: que há de se esperar a saída do fundo do poço, então que venha um algo novo gerado dali. É realmente esperar para ver, quem viver…

……………….

XXX OLIMPÍADAS

As olimpíadas terão início no próximo dia 25 de julho deste ano de 2012, na cidade de Londres, Inglaterra.

Será um período muito auspicioso que apresentará desde o dia 25 de julho quando de sua abertura, até o dia 12 de agosto, quando ocorrerá o encerramento, os XXX Jogos Olímpicos com toda sua beleza plástica e harmoniosa, espalhando motivações e desafios possíveis de serem alcançados pela juventude, porém, com todo empenho e dedicação.

O lema este ano dessas XXX Olimpíadas é “Live is one” (viva como se fosse único) e para esse acontecimento os Ingleses se esmeraram desde a apresentação (abertura e encerramento) no preparo do Estádio Olímpico de Londres, com capacidade par 80.000 espectadores, mas a transmissão a partir dessa majestosa instalação sobre uma estrutura de aço e belissimamente iluminada será visto por mais de quatro bilhões de pessoas em redor do mundo. Quem sabe, agora, finalmente o Brasil traga a medalha olímpica para o futebol. Acreditemos!

Mas uma preocupação está inquietando os líderes mundiais: a situação da Síria. Ali se trava uma acirrada batalha pelo poder e a população sofre, enquanto nos gabinetes prosseguem as intermináveis discussões sobre se realizam ou não intervenção, sanções econômicas, sem o sucesso de que efetivamente se chegue a uma realidade na solução do problema.

Fica, porém, uma pergunta a quem interessa essa situação, e o que realmente se conhece das razões pelas quais a Síria chegou a este estágio de situação. É necessário que reflitamos sobre o tema porque do ponto de vista escatológico o assunto é muito mais complexo.

A realidade indica que essa região do oriente tem seus conflitos há milênios e assim continuará, ainda, por um bom tempo.

Enquanto isto no Brasil a guerra é outra: será possível ou não o aumento dos professores? O silêncio, arguido do manto do “Direito Constitucional de ficar calado”, de cada convocado à CMPI que se convencionou chamar de “Cachoeira”. E, de repente um alívio geral: o recesso parlamentar. Então, fazer o quê?

Aguardemos agosto. Nada acontecerá. Certamente outros escândalos serão pautados para impedir a discussão das reais mazelas desses brasis afora.

……………….

NOTÍCIAS RÁPIDAS

Numa breve introdução informo que nossa ideia – conforme diz o título da coluna – é sintetizar através de artigos pelo site ONORDESTE, rápidas notícias do que vai Pelo Brasil e Pelo Mundo, como contribuição consciente de leituras sobre um mundo que vai se transformando mais e mais numa “aldeia global”.

Este conceito foi criado pelo filósofo e educador canadense MARSHALL MCLUHAN constante no seu livro: “Aldeia Global”, ao apontar que o progresso tecnológico estava reduzindo todo o Planeta à mesma situação do que ocorre em uma Aldeia. Ele foi o filósofo das transformações sociais provocadas pela revolução tecnológica do computador e das telecomunicações. Hoje esse conceito é uma indiscutível realidade. E aqui, nesta coluna, serão publicados os destaques das realizações humanas nos vários campos do conhecimento. Também, os conceitos e notas sobre a Sabedoria estarão aqui presentes.

Registremos de início, um destaque desta parte da Aldeia: no Brasil, após meses de escândalo político, o Senado votará o pedido de cassação de mandato do senador Demóstenes Torres. E o motivo básico é a acusação de ligações do Senador com o bicheiro Carlinhos Cachoeira. Para que a cassação se efetive, são necessários 41 dos 81 votos dos senadores.

Mas, enquanto as pessoas estiverem acotoveladas e ansiosas por ver a “desgraça” dos outros no Plenário do Senado, um acontecimento bem diferente ocorrerá na cidade Paraty, Estado do Rio. Refiro-me a Festa Literária Internacional de Paraty (Flip). Sem dúvida um acontecimento que a cada ano vem estimulando a criatividade e a valorização da produção literária tão necessária e útil, em particular as publicações sobre Ética e Princípios, tão carentes nesses brasis afora. Bom que candidatos às eleições de 2012, dos muitos municípios brasileiros, pudessem dar uma “olhada” ainda que rápida na Feira do Livro em Paraty.

Digno de registro, aqui, também, é a experiência do Instituto Nacional de Câncer (Inca), com a realização do primeiro teste clínico oncológico de fase 3. Dela participaram mais oito centros de pesquisas. Os autores consideram o trabalho um marco na avaliação independente de terapias para câncer no País.

Enquanto isto, do outro lado desta “Aldeia Global” os ministros de Finanças da Euro Zona chegaram a um acordo político para um empréstimo que dará à Espanha para recapitalizar os bancos do país 30 bilhões de euros. Afirmaram os participantes do acordo: “Chegamos a um acordo político sobre o memorando de entendimento, sobre as condições para o setor financeiro espanhol”, disse Jean-Claude Juncker, que revelou que o vencimento do empréstimo será de até 15 anos, com uma média de 12,5 anos.

Sem dúvida os avanços tecnológicos nos informam com rapidez sobre o que vai Pelo Brasil e Pelo Mundo e assim ampliamos nossos conhecimentos. Saudações, e até o próximo.
(Em 10.07.2012).

CONFIRA ABAIXO:

O mundo acorda com uma notícia extraordinária: finalmente comprova-se a existência da chamada “partícula de Deus”.

Mas, e o que é isto? – “partícula de Deus?”.

Considerada a grande e especial descoberta dos últimos 40 anos, conforme noticiam os veículos de comunicação e, em especial, revistas dedicadas à divulgação de experimentos e experiências científicas; essa descoberta torna real a teoria lançada há quase cinquenta anos sobre a existência de uma pequena “matéria” menor que um átomo de hidrogênio, extremamente fugaz.

Tal partícula chamada pelos cientistas de bóson de Higgs “guarda o segredo para a existência e desenvolvimento da matéria”, sem o que não existiriam mundos.

Foi Peter Higgs, – cientista britânico – que defendeu a existência dessa partícula. Durante uma entrevista concedida na Universidade de Edimburgo na Escócia, disse ele: “é agradável ter razão de vez em quando”.

Essa descoberta anima o mundo científico e a elite dos Físicos tem a expectativa de que aí esteja a chave para se entender a estrutura fundamental da matéria.
Essa recente experiência, na busca de processar a teoria, foi realizada em um laboratório, dentro da maior câmera fotográfica do mundo identificada como LHC – Acelerador de Partículas – pertencente a Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear, (CERN), localizada em uma área na fronteira Suíça / França.

No Brasil cientistas da Fiocruz, da Universidade de Campinas e de outros Centros de Pesquisas, como a EMBRAPA, também se debruçam na concretização de teorias que permitam a produção de vacinas, por exemplo: contra meningite meningogócica em seus vários tipos meningococicos que incluem os A, B, C, D, X, Y, Z, e W135.

Mas outras áreas de pesquisas estão trabalhando na melhoria do padrão genético do maracujá, mandioca, e tantos outros para suprir a demanda por alimentos tão necessária à multiplicação da população mundial.

Enfim, são muitas histórias pelo Brasil, pelo Mundo. Voltaremos com novidades. Até lá.

Print Friendly, PDF & Email

^ Ir Para Topo ^