Segunda-Feira, 23 de Abril de 2018

Aduepb denuncia tentativa de golpe no processo eleitoral

A diretoria da Aduepb (Associação dos Docentes da Universidade Estadual da Paraíba), através do seu presidente professor José Cristovão de Andrade, distribuiu nota denunciando tentativa de golpe no processo eleitoral da entidade.

Na íntegra, eis a nota:

Denunciada forma ilegal de convocar a Assembleia Geral pelos integrantes da Chapa 2 para o dia 16 de julho.

O clima de terror orquestrado pelos integrantes e apoiadores da Chapa 2 na Assembleia Geral do dia 10, legitimamente convocada pela ADUEPB, não ficou só nas agressões já conhecidas historicamente pela comunidade acadêmica da UEPB. Agora, com práticas golpistas e radicais de destituir a atual Diretoria da ADUEPB, tentam prejudicar as ações administrativas, os processos jurídicas da última greve e no cotidiano das questões financeiras da ADUEPB (convênios, folha de pagamento dos funcionários e dos compromissos previamente agendados), no que pode resultar em prejuízos incalculáveis para a vida do Sindicato, da luta diária e nas atitudes funcionais dos associados e no descumprimento da determinação jurídica de suspensão do processo eleitoral até julgamento do mérito.

Sobre essa situação jurídica, a Assessoria Jurídica da ADUEPB já interpôs Ação de Agravo Regimental no dia 26 de junho para anular a Liminar e garantir a conclusão das eleições, até esse momento sem nenhuma reclamação oficial junto à ADUEPB ou na Comissão Eleitoral. A tese de que a ADUEPB está com a Diretoria em vacância não é verdadeira. O que houve foi uma suspensão do processo eleitoral, o que não invalidou ou proibiu, a continuidade da gestão até a conclusão de todas as questões jurídicas e eleitorais.

Defendemos que a gestão atual tenha sua continuidade para garantir a estabilidade administrativa e política da ADUEPB. Apelamos ao bom senso dos opositores do nosso sindicato e que respeitem as determinações da justiça e as normas regimentais da ADUEPB.

Alertamos a todos docentes associados e à comunidade acadêmica da UEPB, que tais investidas ferem as determinações regimentais. Portanto a convocação neste momento é ILEGAL.

– EM DEFESA DA AUTONOMIA DA ADUEPB!
– NOSSO PLENO RESPEITO E SOLIDARIEDADE A COMISSÃO ELEITORAL E A TODOS OS DOCENTES QUE COMPARECERAM ÀS URNAS NO DIA 19 DE JUNHO!
– PELO RESPEITO AOS DIRETORES ATUAIS E ASSOCIADOS DA ADUEPB!
– PELA CONTINUIDADE URGENTE DAS ELEIÇÕES E GARANTIA DA LIBERDADE E AUTONOMIA DA ADUEPB!
– NÃO AO RADICALISMO E PARTIDARISMO IRRESPONSÁVEL!

A história de lutas e conquistas do nosso sindicato e dos atuais diretores, não pode ser banalizada para conquista de interesses partidários e de planos individuais. A Aduepb não se renderá!

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

^ Ir Para Topo ^