TSE desaprova contas do PCO e aprova com ressalvas contas do PCdoB

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) desaprovou parcialmente a prestação de contas do Partido da Causa Operária (PCO) e aprovou com ressalvas a prestação de contas do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), ambas de 2012.

Relatora da prestação de contas do PCO, a ministra Rosa Weber determinou a suspensão por um mês da cota do Fundo Partidário da sigla.
Na prestação de contas do PCdoB, a Corte determinou a devolução de R$ 180.250,41 ao erário, devidamente atualizados e pagos com recursos próprios.
EM, BB/RG

Processos relacionados: PCs 22730 e 134915
TSE

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

^ Ir Para Topo ^