HOME_______________________________________________

São Francisco: Governo assina ordem de serviço

Brasília, 5/4/2013 – O Ministério da Integração Nacional assinou esta semana a segunda ordem de serviço da meta 2N, no Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco. Os recursos, no valor de R$ 305,9 milhões, serão aplicados nas obras executadas nos municípios de Jati, Brejo Santo e Mauriti (CE).

O trecho que correspondente à Meta 2Ncomeça no reservatório Jati, no município de Jati (CE), e termina no reservatório Boi II, nas cidades de Brejo Santo e Mauriti, no mesmo estado. Essa etapa do projeto é composta pela construção de seis novos reservatórios e pela ampliação do açude Atalho.

Atualmente, as atividades estão concentradas na implantação do canteiro de obras e na preparação da barragem Jati. Nessa área também atuam as equipes de fauna, flora e arqueologia, dos programas ambientas desenvolvidos pelo projeto. Com a ordem de serviço assinada agora, novas frentes de trabalho serão abertas. Hoje, mais de 200 trabalhadores atuam neste trecho.

Ainda no Eixo Norte, a Meta 1N, com 42,3% de execução, vai da captação do rio São Francisco, no município de Cabrobó (PE), até o reservatório de Jati, em Jati (CE). Essa etapa é composta pelo canal de aproximação, em Cabrobó (PE) – já concluído -, e pelos Lotes 1, 2, 3, 4 e 8. Atualmente, mais de 1,9 mil pessoas trabalhamnesses lotes e nos municípios pernambucanos entre Salgueiro (PE) e Cabrobó (PE).

As obras da Integração do Rio São Francisco mobilizam 4,3 mil trabalhadores e 1,3 mil equipamentos. Até junho a força de trabalho vai dobrar. Em alguns pontos, como o lote 8, em Salgueiro (PE), e o lote 14, em São José de Piranhas (PB), as equipes se revezam 24 horas por dia.

A Integração do São Francisco é a maior obra de infraestrutura hídrica já realizada no Brasil e está entre as maiores do mundo. Após estudar várias alternativas, constatou-se que este projeto é o mais eficiente para garantir o fornecimento adequado de água para região. O empreendimento vai levar água para mais de 12 milhões de pessoas em Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte.

Obras Estruturantes

O Projeto de Integração da Bacia do São Francisco faz parte do conjunto de empreendimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) para ampliar a infraestrutura hídrica do semiárido brasileiro. Para cada R$ 1 investido no Projeto São Francisco, outros R$ 2 são destinados a outras obras estruturantes no Nordeste.

O investimento do Governo Federal em infraestrutura hídrica saíram de R$ 7,2 bilhões, no PAC 1, para R$ 23 bilhões, no PAC 2 – que serão aplicados até 2015. A meta do governo é ampliar a capacidade de armazenagem de água em 7 bilhões de metros cúbicos, através das novas barragens. No PAC 2, já foram concluídos barramentos que acrescentaram 609 milhões de m³ á capacidade de armazenagem e já foram entregues 1.200 quilômetros em adutoras e canais. Entre as obras recém-concluídas estão: o Trecho IV do Eixão das Águas (CE), a 1ª Etapa da Adutora Pajeú (PE), a Barragem Figueiredo (CE), a Adutora Guanambi (BA), o Sistema Seridó (RN) e o Sistema Congo (PB).

Ministério da Integração

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^