Nordeste

Seagri vai orientar pequeno produtor sobre inseminação, genética e manejo de animais

A Prefeitura de Campina Grande, por intermédio da Secretaria da Agricultura (Seagri), está organizando um ciclo de palestras para conscientizar os pequenos e médios produtores rurais do município sobre a importância da adesão ao programa de inseminação artificial bovina e as vantagens que eles poderão obter quanto ao melhoramento genético do rebanho, no aumento da produção de leite e no manejo com os animais.

De acordo com o secretário de Agricultura de Campina Grande, Renato Benevides Gadelha, que está incentivando e apoiando as iniciativas da equipe de técnicos responsável pelo Programa de Inseminação Artificial (Proinsa), esse tipo de capacitação dá aos agricultores familiares a oportunidade de conhecerem novas técnicas sobre pecuária, com reflexo positivo na bacia leiteira e, por conseguinte, no aumento da renda dos agricultores familiares.

Ainda de acordo com o secretário Renato Gadelha, o Programa de Inseminação Artificial bovina, do ponto de vista econômico, é benéfico aos produtores rurais, pois, além da melhora da genética, eles ainda contam com o aumento do número de animais e da produção do leite, aspectos estes que refletem diretamente na melhora da qualidade de vida dos ruralistas ligados direto e indiretamente a essa cadeia produtiva rural.

Ao lembrar que o Programa de Inseminação Artificial é oferecido a custo zero ao criador, o secretário da Agricultura disse que, a exemplo dos anos anteriores, a Prefeitura municipal vai primar pela qualidade do sêmen a ser adquirido, junto a destacados criadores da região do Triângulo Mineiro (MG), o que garantirá o melhoramento genético dos rebanhos locais.

Além da questão relacionada à inseminação artificial, os técnicos da Seagri ainda vão orientar os produtores rurais campinenses sobre manejo sanitário e de animais, de modo que eles possam produzir mais com menos gastos e, com isso, aumentar suas fontes de renda para o sustento de suas respectivas famílias.

A equipe do Programa de Inseminação Artificial da Seagri é composta pelo médico veterinário Adriano Leite, acadêmicos de Medicina Veterinária Alan Carvalho e Eduarda Almeida, além dos técnicos veterinário e agropecuário, Ronivaldo Cardoso e João Paulo, respectivamente. Eles se reuniram por duas ocasiões no decorrer desta semana para aprofundar as discussões sobre o assunto.

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios