HOME_______________________________________________

Senador cobra investigação de distribuição de cargos para barrar impeachment

O senador José Medeiros (PSD-MT) considerou ilegítimo o fato de o advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, ter feito a defesa da presidente Dilma Rousseff na comissão de impeachment da Câmara dos Deputados. Para ele, Dilma deveria ter contratado um advogado particular.

Além disso, continuou José Medeiros, o discurso contra o impeachment é marcado por meias-verdades. Segundo o senador, o governo tem usado argumentos falaciosos na defesa do mandato presidencial, ao mesmo tempo em que distribui cargos para arregimentar votos contra o impedimento de Dilma Rousseff.

Ele lembrou que entrou, junto com o senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), com um pedido para que a Procuradoria-Geral da República investigue o assunto.

– Foi montado um balcão de negócios. Uma compra de votos – disse o parlamentar, em pronunciamento no Plenário nesta terça-feira (5).
Agência Senado

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^