HOME_______________________________________________

Será? Ministro prometer entregar 200 km de canais

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, garantiu nesta sexta-feira (08) ao Senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) que em dezembro do ano que vem os primeiros 200 km de canais da obra de transposição de águas do Rio São Francisco ficarão prontos. Fernando Bezerra, Vital do Rêgo e outros senadores estão em visita às obras de transposição numa ação de fiscalização e acompanhamento do cronograma das obras.

 Segundo Vital, o ministro garantiu que, até o final de 2014, 100 km do Eixo Norte e 100 km do Eixo Leste estarão prontos. Nos dois dias de visitas, a comitiva esteve nos canteiros de obras da transposição em São José de Piranhas, Salgueiro e Cabrobó. 

Vital, que preside a Comissão Especial Externa de Acompanhamento das Obras de Transposição de Águas do Rio São Francisco – CTESFRANCISCO, fez a viusita em companhia do Ministro Fernando Bezerra e dos senadores que compõem a comissão: Cícero Lucena, Humberto Costa e Inácio Arruda. Cássio Cunha Lima, também membro da comissão, não participou porque está em missão oficial do Senado na Antártida. 

A comitiva visitou os túneis Cuncas I e II. “É um conjunto que representa a maior extensão de túneis para transporte de água da América Latina e irá interligar Ceará e Paraíba. Tem túneis com 15 mil metros de extensão, 4 mil, 2 mil e outros, com larguras que chegam a dez metros de altura por dez metros de largura”, afirmou Vital. 

Esse conjunto de túneis, que compõem o Eixo Norte da Transposição, receberá um volume que corresponde a uma altura de 7 metros de águas, que irão desaguar no Rio Piranhas. “Considero a transposição uma obra de desafio do homem, vencendo os obstáculos impostos pela natureza. O homem, de forma inteligente, com a ajuda da engenharia, está vencendo estes obstáculos”, afirmou o senador paraibano.

Recuperação do Engenheiro Ávidos – Durante a visita, Vital recebeu de uma comitiva de vereadores de cidades da região de Cajazeiras uma reivindicação para que o Governo Federal faça a recuperação do Açude Engenheiro Ávidos, que está com rachaduras que poderão comprometê-lo, sobretudo quando vierem as águas da transposição.

“Imediatamente despachei com o Ministro, ali mesmo no canteiro de obras, e ele nos garantiu a recuperação do açude, que é um dos mais importantes do complexo da transposição e o primeiro que irá receber as águas, na Paraíba”, afirmou o senador.

Vital destacou a capacidade técnica do ministro Fernando Bezerra que, segundo ele, é um profundo conhecedor da Transposição. “O Ministro tem conhecimento de causa em relação a esta obra e veio acompanhar a comissão com muita disposição para participar da vistoria e nos dar todas as informações que precisávamos”, destacou o Ppresidente.

“Seca braba” – Vital disse ter ficado impressionado com os efeitos da seca na região visitada por ele e comitiva. “Fiquei muito impressionado com o quadro que vimos no semiárido, principalmente na região de Cajazeiras, que já deveria ter recebido chuvas, considerando que a quadra chuvosa no semiárido brasileiro vai de fevereiro a maio. Mas a seca aqui está braba”, afirmou. 

Ele disse que o que se viu na região foi o que os especialistas consideram a ‘seca verde’. “Você vê o verde nas copas dos arbustos, mas o solo continua árido e seco. Mais do que nunca esta obra tem que sair”, finalizou Vital do Rêgo.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^