SESUMA recolhe mais de 200 mil toneladas de lixo nas ruas

O trabalho permanente da Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente de Campina Grande,foi fundamental para a limpeza urbana da cidade, durante o ano de 2019, e contribuiu bastante para o bem estar da população. Segundo relatório apresentado ao prefeito Romero Rodrigues, foram 201 mil toneladas de lixo recolhidas ao longo dos doze meses. Como sempre, a coleta domiciliar, feita regularmente três vezes por semana, chegou a 97 mil toneladas.

Os números comprovam que o volume de obras e ações desenvolvidas durante o corrente ano pela Sesuma , foi tão intenso quanto os seis primeiros anos da primeira gestão do prefeito Romero Rodrigues em Campina Grande. Em 2018, alcançou a média histórica de quase 224 mil toneladas, só ficando atrás de 2014, quando passou de 234 mil. Para se ter idéia da dimensão desse trabalho, ultrapassa 1 milhão e 480 mil toneladas retiradas das ruas da cidade, em todo Governo.

Além da coleta porta a porta, outra atividade intensa é recolhimento de entulhos e resíduos volumosos, que alcançou ano passado a marca de 84 mil toneladas; lixo de ponto, 12 mil t; feiras e mercados, em torno de 5 mil e caixas estacionárias, 3 mil, ultrapassando mais de 200 mil, num gasto altíssimo para a gestão, principalmente com a limpeza de terrenos baldios, utilizada de forma indevida pela população, mesmo com a coleta regular.

Durante mês de junho, só de lixo orgânicos e inorgânicos, que foram levados para o aterro sanitário, foram recolhidos diariamente cinco (5) toneladas do Parque do Povo, uma a mais do que o ano passado, principalmente nos dias de maior pique, totalizando cerca de 150 toneladas, um volume considerável “ e isso ocorreu, sem dúvidas nenhuma, porque a festa cresceu bastante em relação ao ano passado ,que coletou 120 toneladas”, disse o secretário.

Outra atividade permanente desenvolvida pela Sesuma é a de recuperação da malha viária, conhecida como operação tapa-buracos, realizada com a reposição de pavimentação em pré-misturado a frio (asfalto), 42.394 m², ou em paralelepípedo, 1.147 m². Só nesta atividade, nos sete anos da gestão Romero, foram mais de 344 mil m², em asfalto e 36 mil em paralelo.

Segundo Dr. Geraldo Nobre Cavacante, titular da pasta, o prefeito Romero Rodrigues delegou também à Sesuma a responsabilidade com a construção e recuperação de praças e a pavimentação de ruas, atividade que antes só era realizada pela Secretaria de Obras.

Só praças foram concluídas e entregues, 15 novas, incluindo as 10 do Complexo Aluísio Campos, toda com academia popular. Foram inauguradas a Lula Cabral, no Belo Monte; Tenente Adriano Maia Diniz, Liberdade; Irmão Mário, Chico Mendes, e já está concluída a Anderson Maravilha, no Santa Rosa. Em execução, o Parque Linear do Tambor ( rua do Juá); praça professor Francisco Colares, bairro Universitário, e rotatória da Avenida Vigário Calixto (Catolé). Ao todo são mais de 70, média de 10 por ano.

Pela Sesuma em 2019 ,foram quase 34 mil m² em pavimento, ultrapassando 427 mil m², em sete anos anos, totalizando mais de 500 ruas, só em paralelepípedo. No momento estão sendo executadas, obras em mais de 120 ruas em todos os bairros da cidade, com destaque para o Jardim Borborema e conjuntos Cinza e João Agripino, com quase 40 artérias.

A Secretaria de Obras, ano passado, também bateu recorde em pavimentação asfáltica, com a instalação de binários em quase todos os bairros da cidade. Mais de 120 ruas, foram recapeadas com completamente asfaltadas, trabalho que continua em toda cidade.

De acordo com o secretário Geraldo Nobre Cavalcante, a iluminação pública também foi ampliada, com a implantação de lâmpadas em LED em várias avenidas da cidade. Até agora foram quase cinco novos postes com luminárias em diversas localidades.

Outro número significativo está relacionado à quantidade quilométrica de terraplenagem em estradas, ruas e avenidas. Em 2019, mais de 340 km, e mais de 3.000 em todo Governo.

Foram ainda 6.700 mil km em capinação de ruas e avenidas; 69.570 em varrição e 1.100, em pintura de meio-fio; sem falar no patrolamento em 30 campos de futebol.

Das ruas da cidade foram recolhidos 495 animais vivos e 415 mortos, além de realizada a limpeza de 113 pequenos e médios barreiros, nos distritos de Galante, São José da Mata, Catolé de Boa Vista w Catolé de Zé Ferreira, atividade que antes era desempenhada pela Secretaria de Agricultura e que agora também está sob a responsabilidade da Sesuma.

Foi permanente a manutenção e melhoramentos das feiras e mercados públicos, da Prata, Central, Liberdade, Catolé, Arca da JK e Newton Rique ; Jeremias, Severino Cabral, além dos oito cemitérios que receberam cuidados especiais ao longo do ano.

MEIO AMBIENTE – O Meio Ambiente também mereceu a destaque ao longo de todo ano. Com a inauguração do seu viveiro de plantas, no bairro São Januário, a Sesuma efetuou o plantio de quase 46 mil novas mudas em toda a cidade, de 2013 a 2019. Só ano passado, entre plantações e doações foram quase 10 mil.

A intenção é plantar mais 10 mil mudas, este ano , e chegar a 60 mil, em função do déficit superior a 100 mil mudas, número agravado por conta do descaso de gestão passadas.

Outro destaque foi o recolhimento de pneus velhos, encaminhados para destinação ambientalmente adequada, por meio de convênio junto a empresa de Reciclanip de São Paulo, que em quatro anos atingiu a marca de quase 100 mil unidades.

RECICLA CAMPINA

Outro projeto audacioso da Sesuma, foi o Recicla Campina, que começou no Parque do Povo, com o Recicla São João, que bateu recorde em 2019, com 32 toneladas, e 92 toneladas, em quatro anos. O programa foi revitalizado e a coleta seletiva foi ampliada e chegou ao bairros do Catolé, Liberdade e Complexo Aluísio Campos, com visita porta-a-porta e adesão de 24 unidades habitacionais.

Existem pontos fixos de coleta nos Parques da Liberdade, Criança e Praça da Bandeira, e este serviço tem garantido renda extra e sobrevivência par dezenas de catadores cadastrados pelas Cooperativas de Produtos Recicláveis. Tem a campanha “ SE-PA-RE O QUE É RECICLÁVEL E JUNTOS FAREMOS UMA CIDADE MELHOR”.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


^ Ir Para Topo ^