HOME_______________________________________________

Transposição do São Francisco: trabalhos 24 horas


Brasília-DF – Operários, máquinas e caminhões vão operar dia e noite em mais frentes de obra do Projeto de Integração do Rio São Francisco. É o que afirma o ministro Francisco Teixeira: “nós estamos trabalhando no Eixo Norte, em quase todas as frentes, em dois turnos, e a partir de maio vamos trabalhar 24 horas também no Eixo Leste, em muitas frentes”.

As equipes já podem ser vistas dia e noite em quatro trechos da obra: de Brejo Santo a Jati (CE); de Mauriti (CE) a São José das Piranhas (PB); na construção dos 15 quilômetros do túnel Cuncas I, o maior da América latina, localizado também em Mauriti; e também nos municípios pernambucanos de Salgueiro e Cabrobó – onde a implantação das estações de bombeamento já funciona em regime integral desde agosto de 2012.

O ministro Francisco Teixeira explica que a operação dia e noite representa um ganho de produtividade e qualidade. “A construção dos vertedouros de barragem, por exemplo, exige um volume substancial de concreto e é mais interessante fazer a concretagem na parte da noite do que de dia. Isso porque você tem um controle tecnológico maior, evitando fissuras no concreto devido à exposição ao sol na hora da concretagem, na hora da cura e da pega do concreto”, diz.

A meta de conclusão do empreendimento, que vai beneficiar mais de 12 milhões de brasileiros, continua a mesma. “A ideia é concluir parte do empreendimento em dezembro de 2014 e conclui-lo em dezembro de 2015”, relembra o ministro. Atualmente, cerca de 10 mil operários atuam nos mais de 477 quilômetros de obra – que já está 56,6% executada.
Ministério da Integração

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^