DestaquesSaúde

Ações de combate ao Aedes aegypti ganham repercussão nacional

 As ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, que desde o ano passado foram intensificadas e vêm mobilizando toda a estrutura da Prefeitura de Campina Grande ganharam novamente destaque nacional. Desta vez, o foco foi o trabalho de conscientização desenvolvido com as crianças e adolescentes da Rede Municipal de Ensino, destacado pela revista Escola Pública em sua mais recente edição.

Além da reportagem, igualmente disponibilizada no site da revista essa semana, as ações desenvolvidas na Rede Municipal também foram apresentadas nesta quarta-feira (10) a três representantes do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), durante visita à Escola Municipal Maria das Vitórias Pires Uchôa Queiroz, no Bairro das Cidades.

No caso da reportagem publicada na revista Escola Pública, referência na divulgação de políticas que resultem na melhoria da qualidade da educação pública, Campina Grande é apontada como exemplo de cidade onde a mobilização de combate ao mosquito começou antes mesmo da assinatura do Pacto da Educação Brasileira contra o Zika, proposto pelo Ministério da Educação (MEC).

A publicação também destaca as ações conjuntas das secretarias municipais; o material didático elaborado pela Secretaria de Educação do Município (Seduc) para subsidiar o trabalho desenvolvido nas escolas; o ‘DengueZapp’, telefone específico de contato com a Secretaria de Saúde para que a população possa contribuir com a identificação de focos do mosquito, além das visitas realizadas pelos alunos em suas comunidades para alertar a vizinhança sobre os riscos das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti e a melhor forma de evitar a sua reprodução.

“Havia uma discussão sobre a dificuldade de chegar a todas as residências para informar sobre ações de prevenção. Temos 20 mil alunos do ensino fundamental. Se conseguíssemos fazer com que cada criança percorresse cinco residências por meio de alguma atividade, seria possível chegar a 100 mil lares”, destacou a secretária de Educação, Iolanda Barbosa, na entrevista concedida à reportagem.

UNICEF

Também interessados em conhecer melhor o trabalho de combate ao Aedes aegypti desenvolvido na Rede Municipal de Ensino, três representantes do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), um deles da cidade de Nova York (EUA), visitaram a maior escola da Rede Municipal de Ensino, a Maria das Vitórias, que conta com mais de mil alunos matriculados.

Na unidade, os alunos e professores apresentaram um resumo das diversas ações desenvolvidas ao longo do ano letivo, a exemplo da aula para produção de repelente caseiro; mobilizações na vizinhança; produção de cordel e outras atividades lúdicas.

Durante a visita, as crianças e educadores também deram depoimentos para a equipe, que acompanhou ainda a visita de um grupo de alunos a moradores da comunidade. Além de divulgar as ações bem sucedidas de Campina Grande para o restante do país, que chamaram a atenção do Unicef, os dados da visita servirão para incrementar as informações já existentes sobre o município na plataforma do Selo Unicef, Edição 2013-2016, prêmio ao qual Campina Grande concorre pela segunda vez.

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios