Manchetes

Bancários podem entrar em uma nova greve

O Sindicato dos Bancários da Paraíba fez o lançamento da Campanha Nacional dos Bancários 2016, com um ato público em frente ao condomínio do Banco do Brasil na Praça 1817, no centro de João Pessoa, com o tema “Só a Luta te Garante”. Após os atos, os bancários percorreram as principais agências bancárias da capital paraibana, mobilizando a categoria para a luta pelo atendimento às reivindicações constantes da pauta entregue à Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) no dia 9 de agosto. E alertaram a sociedade sobre a possibilidade da deflagração da greve, caso os banqueiros não atendam aos anseios da categoria profissional.
 O presidente do Sindicato, Marcelo Alves, enfatizou a necessidade da unidade da categoria em busca da preservação dos direitos e de novas conquistas. “A conjuntura política e econômica do país é desfavorável à nossa campanha, uma vez que os banqueiros se negam a repartir seus lucros quando a economia favorece e vão se valer da crise para negarem nossas reivindicações. Daí, mais do que nunca, necessitamos da unidade da categoria e da participação efetiva de todos os bancários e bancárias nessa queda de braço desigual. E precisamos dizer à sociedade que nossa luta também é por mais segurança e melhoria no atendimento à população”, enfatizou.
 Marcelo também chamou a atenção para o fato de que as negociações em curso podem culminar para a apresentação de uma proposta de natureza econômica até o final deste mês. “Temos de estar preparados para a pressa com que o banqueiros tendem a nos apresentar uma proposta, com certeza rebaixada. E, caso isso aconteça, diferente dos anos anteriores poderemos chegar à nossa data-base, 1º de setembro, com um indicativo de greve. Portanto, vamos à luta, companheiros”, concluiu o presidente do SEEB-PB.
Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios