HOME_______________________________________________

CCJ aprova projeto que revisa contratos de empresas públicas com estabelecimentos que tiveram prejuízos com a pandemia

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), realizou reunião remota, através do sistema de videoconferência, para apreciar matérias que possam minimizar os danos causados aos paraibanos durante o período de pandemia do novo coronavírus (Covid-19).  
 
Na oportunidade, os deputados aprovaram o projeto 1.718/20, de autoria do presidente da Casa, deputado Adriano Galdino, que trata da repactuação provisória dos contratos de consumo realizados entre as empresas prestadoras de serviços públicos, especialmente de água e energia, e pessoas jurídicas de direito privado, que tiverem comprovadamente seus rendimentos reduzidos em razão da pandemia da COVID-19.   
 
De acordo com o texto do projeto, o ajuste deve vigorar enquanto estiver vigente o decreto de calamidade pública estadual. “A matéria trata de medida de largo alcance social, pois, na sua essência, visa apresentar uma solução justa entres as partes envolvidas na relação de consumo durante a pandemia”, justificou o presidente. 
  
A presidente da CCJ, a deputada Pollyanna Dutra, votou pela aprovação do PL 1.712, do deputado Buba Germano, que trata da autorização da produção, envase, transporte e comercialização do álcool 70% por parte do setor industrial em escala comercial no Estado, com o intuito de atender a demanda em virtude da pandemia. A deputada ressaltou que “o setor alcooleiro da Paraíba está contribuindo, com a distribuição e vendas do álcool 70% com um valor adequado ao estado. “Este é mais um projeto de excelente qualidade e que demonstra o interesse dos parlamentares em reduzir os danos da pandemia”, comentou Pollyanna. 

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^