Emprego

Correios vão demitir mais de 5,3 mil trabalhadores

O grupo Correios pretende intensificar a taxa de desemprego no Brasil ao declarar que irá fechar 513 agências e demitir 5.300 trabalhadores, segundo informações da colunista Andreza Matais, do Estadão. A proposta foi aprovada em fevereiro pela comissão diretora da empresa, mas mantida em sigilo há meses.

Em Minas Gerais, das 20 agências mais rentáveis, 14 encerrarão suas atividades. Já em São Paulo, 167 agências fecharão as portas.

O ex-presidente da Estatal Guilherme Campos afirma que o número de demissões poderá ser ainda maior, caso a empresa não consiga arcar com as dividas trabalhistas.

O grupo pretende economizar R$ 190 milhões com a ação.

Com a palavra. O ex-presidente dos Correios Guilherme Campos justificou que serão fechadas agências próprias que ficam muito próximas de outras operadas por agentes privados. Ele diz que o número de demissões pode ser até maior. Vai depender da capacidade financeira da empresa para indenizar os trabalhadores.
Estadão

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios