HOME_______________________________________________

Diretora-Geral do TRE-PB concede entrevista sobre as Eleições 2020

A Diretora-Geral da Secretaria do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), Silma Leda Sampaio de Albuquerque concedeu entrevista à TV Cabo Branco. O assunto da entrevista foi o Pleito Municipal 2020.

Silma de Albuquerque quando indagada pelo jornalista Herbert Araújo sobre o plano de segurança sanitária elaborado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) explicou que em julho deste ano, já com grande preocupação, em razão da pandemia que assola o país, o presidente do TSE, Ministro Luís Roberto Barroso, constituiu juntamente com a Fundação Oswaldo Cruz, os hospitais Sírio Libanês e Albert Einstein, uma comissão sanitária visando elaborar um plano de medidas que devem ser observadas, desde o início das convenções até o dia do pleito visando assegurar a saúde de todos os envolvidos no Pleito de 2020.

Em seguida, o entrevistador questionou sobre as medidas que serão adotadas para proteger quem vai trabalhar no dia das Eleições 2020 e a Diretora-Geral citou que existe uma grande leva de cidadãos que colaboram nas Eleições que são os mesários e aqueles que prestam suporte como apoio. “Para eles, serão assegurados o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) consistente em protetor facial “face shield”, máscaras cirúrgicas, álcool 70 e a manutenção do distanciamento de um metro entre os colaboradores “, disse ela.

Silma concluiu a entrevista explicando que muitas medidas tiveram que sair do cenário do processo eleitoral deste ano, em razão da pandemia e outras medidas foram adotadas para se garantir não só a saúde da nossa democracia, com a ocorrência das eleições, mas também a saúde da sociedade. A Diretora-Geral explicou que houve um “laboratório” no TSE que imaginou como seria o passo a passo dentro da Sessão Eleitoral no dia da Eleição.

1 – Inicialmente, o eleitor aguarda na fila, mantendo a distância de 1 metro de um para o outro;

2 – Ao chegar na Sessão Eleitoral, o eleitor deverá ficar de frente para o mesário e apresentar seu documento original com foto;

3 – O mesário dirá em voz alta o número do título do eleitor para o Presidente de Mesa que o digitará  no terminal de votação;

4 – Ao digitar o número do título de eleitor no terminal de votação, o Presidente de Mesa dirá em voz alta o nome do eleitor que deverá confirmar sua identificação;

5 – Em seguida, o eleitor higienizará as mãos com álcool gel e assinará o caderno de votação obrigatoriamente, de preferência com a sua própria caneta e caso não a leve, será disponibilizada uma caneta que será higienizada no local;

6 – Se o eleitor tiver necessidade de receber o comprovante de votação, no momento da assinatura do caderno de votação já solicitará ao mesário;

7 – Após a assinatura, novamente o eleitor deverá higienizar as mãos com álcool gel e aguardar a habilitação de utilização da urna eletrônica e então se dirigir à cabine de votação;

8 – Após votar, o eleitor novamente deverá higienizar as mãos com álcool gel e se retirar da seção eleitoral, a fim de evitar aglomeração e o perigo de contágio.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^