Destaques

Governo quer aprovar privatização de distribuidoras

Mesmo em meio à Copa do Mundo e com a proximidade das eleições, o governo acredita que vai conseguir aprovar no Congresso Nacional o projeto que trata da desestatitzação das distribuidoras da Eletrobras. Em reunião com líderes da base aliada, o presidente Michel Temer pediu empenho dos parlamentares para aprovar o texto.

Segundo o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, mesmo sendo um tema polêmico, o Palácio do Planalto acredita que congressistas vão concordar com a medida porque sabem, na opinião dele, da necessidade da proposta.
O recesso legislativo começa a partir do dia 18 de julho.

A ideia do governo é passar para a esfera privada o controle acionário de distribuidoras de energia do Acre, Alagoas, Amazonas, Piauí, Rondônia e Roraima. Atualmente, as seis distribuidoras somam R$ 11 bilhões em dívidas. Mas o tema enfrenta resistência de diversas entidades.

O ministro da Secretaria de Governo também pontuou outra prioridade do governo: o projeto que permite à Petrobras vender até 70% dos campos do pré-sal concedidos à estatal por meio do regime de cessão onerosa.

Com esse regime, a Petrobras pagou diretamente à União, sem licitação, o direito de extrair o petróleo desses blocos. Na expectativa do ministro, o projeto também deve ser aprovado antes do recesso parlamentar.

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios