Destaques

Luiz Couto faz série de visitas a lideranças

O deputado federal Luiz Couto (PT-PB) cumpriu uma série de compromissos no sertão da Paraíba. Ele se reuniu com conselheiros tutelares, lideranças políticas e populares, ouvindo demandas, queixas e tentando encontrar soluções para os problemas de categorias profissionais, segmentos da sociedade, municípios e comunidades.

Já na sexta-feira, a primeira parada de Couto e sua assessoria foi em Maturéia, na região metropolitana de Patos. Lá, o parlamentar se encontrou com conselheiros tutelares, informando a eles sobre dois projetos que apóia e que tramitam na Câmara. Um deles permite que a reeleição dos conselheiros se dêem de maneira ilimitada e não apenas uma vez, como atualmente acontece. O outro, prevê a criação de um fundo para os conselhos capaz de elevar o valor da remuneração dos profissionais, hoje em torno de um salário mínimo. “Considero que o bom trabalho deve ser reconhecido. Quem atua bem, merece ser reconduzido. E também deve ganhar mais porque o conselheiro tutelar é de fundamental importância para garantir os direitos de crianças e adolescentes”, disse o petista.

Em sua agenda, Luiz Couto ainda visitou uma fábrica de cerâmica comandada por mulheres que tiram daquela atividade um complemento para suas rendas.

Outros compromissos foram um diálogo com lideranças petistas do Município e um encontro na Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) com representantes do órgão e de assentamentos locais. Couto deu orientações sobre dívidas agrícolas e também sobre o programa de aquição de alimentos, além de ter ouvido um pedido para tentar solucionar o atraso na distribuição de filtros de barro, solicitados à Secretaria de Desenvolvimento Humano.

Na segunda cidade a ser visitada pelo deputado, Água Branca, Couto foi acompanhado pelo pré-candidato a deputado estadual Genildo (PT) e por Ancelmo Dantas. Houve uma reunião com conselheiros tutelares na qual foram relatadas as maiores dificuldades enfrentadas no município: negligência familiar, evasão escolar e abuso. Também foi relatado ao deputado que as autoridades têm uma compreensão equivocada do trabalho dos conselheiros e acham que cabe a eles prenderem infratores, ao invés de acionarem outras instâncias para garantir o bem estar da infância e adolescência.

Populares ligados à produção de frutas e representantes de movimentos sociais também se encontraram com Couto, que almoçou no local, tratando sobre temas diversos.

Em Juru, o deputado Luiz Couto também dialogou com conselheiros tutelares e ainda com o prefeito, Luiz Galvão, a respeito de uma emenda destinada por Couto à ações de Saúde no município. O deputado ainda solicitou da população que fiscalize a aplicação da verba pública e teve um encontro com agentes comunitários de saúde.

Já em Tavares, a reunião com conselheiros tutelares foi um dos primeiros compromissos. Couto e seus assessores ainda ouviram queixas sobre a falta de incentivos da prefeitura para a capacitação daqueles profissionais. Por isso, muitos deles arcam com as despesas para ter acesso à qualificação, ainda que sem diárias ou transporte à disposição.

Couto ainda esteve na Comunidade Jurema, na zona rural, que foi criada a partir de uma comunidade eclesial de base.

No sábado, 30, a parada de Luiz Couto e assessores foi em Princesa Isabel para uma visita aos conselheiros tutelares, além de um diálogo político com petistas e simpatizantes. Antes de deixar o município, o deputado que também é padre esteve com o Frei Aluizio, pároco local e passou pelo campus do IFPB.

O grupo seguiu para São José de Princesa, cidade administrada por mulheres (Maria Assunção Vieira é a prefeita) e que chamou a atenção de Couto pela entrada florida do município. Lá, o parlamentar manteve uma conversa com lideranças populares, dentre as quais a ex-prefeita Núbia, tratando de demandas locais.

Finalmente, a última parada foi em Manaíra, onde Couto visitou uma comunidade quilombola e recebeu uma série de pedidos. Um dos principais foi para intermediar uma solução para o acesso ao local, que fica numa serra e é de difícil tráfego. Os quilombolas ainda sofrem com a discriminação, desrespeito à cultura de seus ancestrais e a ausência de políticas públicas de maneira geral. Da mesma forma como fez em outros municípios, Luiz Couto se reuniu com conselheiros tutelares e ouviu suas demandas.

À exceção de Tavares e Maturéia, que já receberam kits para equiparem seus conselhos tutelares, todos os demais municípios pediram o empenho do deputado para adquirir um veículo, computadores, impressoras e bebedouro. O petista é uma referência inconteste no fortalecimento dos conselhos em todo o Estado.

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios