Economia

Márcio sugere linha de crédito para comerciantes do Shopping Edson Diniz

O vereador Márcio Melo Rodrigues está sugerindo ao prefeito Romero Rodrigues analisar a possibilidade de abrir uma linha de crédito da AMDE (Agência Municipal de Desenvolvimento) para atender aos comerciantes do Shopping Edson Diniz.

Acredita ser muito importante nesse momento que os comerciantes do Shopping Edson Diniz sejam apoiados em sua atividade em razão da situação grave pela qual passa o Brasil, e especialmente, os mais carentes de Campina Grande, com a crise do Coronavírus.

A AMDE tem a finalidade de coordenar projetos e programas de modernização de empreendimentos, fomentando a implantação de novos postos de trabalho que visem o desenvolvimento, geração de empregos e rendas, sempre em obediência ao seu Estatuto e normas legais que disciplinem ou venham a disciplinar esses serviços.

A instituição desenvolve Programa de Microcrédito direcionado para microempreendedores e para trabalhadores do mercado informal que buscam capital para investir em seus negócios. Público alvo: sacoleiras, fiteiros, vendedores e empreendimentos de pequeno porte (lojas e mercadinhos). O Banco do Povo possui uma política de crédito que estabelece critérios, condições e define ainda as taxas de juros a serem praticadas, como também as condições de pagamento.

Acredita ser muito importante nesse momento que os comerciantes do Shopping Edson Diniz sejam apoiados em sua atividade em razão da situação grave pela qual passa o Brasil, e especialmente, os mais carentes de Campina Grande, com a crise do Coronavírus.

Já ao governador do Estado, João Azevedo, o parlamentar sugere estudar uma forma de liberar o prédio onde funcionou o antigo Fórum de Justiça, na Avenida Floriano Peixoto, em Campina Grande, para instalar uma estrutura no referido local a fim de atender às pessoas vítimas do Coronavírus.

Disse que a área é central e de livre acesso. O prédio está fechado sem nenhuma utilidade, e poderia ser implantado um hospital de campanha ou algo parecido, para atendimento às pessoas vítimas do Coronavírus.Há muitas salas no local totalmente ociosas e que poderiam ter essa utilidade de forma objetiva e adequada. A estrutura poderia ser armada em conjunto com a Prefeitura Municipal.

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios