DestaquesEmprego

MP empossa novos servidores concursados

Em solenidade realizada no início da tarde desta segunda-feira (6), na Sala de Sessões da sede do Ministério Público da Paraíba (MPPB), em João Pessoa, o procurador-geral de Justiça Bertrand de Araújo Asfora deu posse coletiva a mais 12 novos servidores aprovados no Concurso para o Quadro de Serviços Auxiliares da instituição, realizado em 2015.

As posses foram acompanhadas pelos promotores de Justiça João Arlindo Corrêa Neto e Clístenes Bezerra de Holanda, respectivamente, secretário-geral (Seger) e secretário de Planejamento e Gestão (Seplag) da instituição. A solenidade também foi prestigiada por familiares dos empossados e pelo presidente Associação dos Servidores do Ministério Público (ASMP-PB) e do Sindicato dos Servidores do Ministério Público da Paraíba (SindSemp-PB), Daniel Lins.

“É uma alegria muito grande recebê-los no Ministério Público. Não foi fácil chegar até aqui”, ressaltou o procurador-geral Bertrand Asfora, explicando as dificuldades do momento, mas também das necessidades de se aumentar o quadro de servidores: “O Ministério Público fez a opção de se estruturar para melhor trabalhar (…) O Ministério Público não pode ser só o promotor”.

Nessa estruturação, lembrou Bertrand Asfora, primeiro foi necessário fazer o Plano de Cargos, Carreira e Salários (PCCR) dos servidores e depois abrir um concurso para 105 vagas. “Para se ter uma ideia, o Poder Judiciário do nosso estado tem cerca de quatro mil servidores efetivos e nós só temos 274 mais os das 105 vagas do concurso (…) E este é apenas o segundo concurso da história do nosso Ministério Público”.

E ainda destacou o procurador-geral de Justiça: “Não existe Ministério Público sem servidor ou sem promotor; somos um só time. E o trabalho de vocês começa agora; um trabalho de dedicação ao povo do nosso estado”. Ele ainda lembrou das dificuldades de convocar os aprovados no concurso depois da queda do orçamento da instituição: “Tivemos um corte no nosso orçamento de mais de R$ 24 milhões. O estado está repassando pra gente o orçamento nos valores de 2015”.

Tomaram posse nesta segunda-feira os novos servidores Eduardo Lorena Gomes Vaz (que exercerá suas funções na Promotoria de Justiça de Bayeux), Ronaldo de Sousa Filho (Catolé do Rocha), Aline de Farias Araújo (Campina Grande), Sabrina Lacerda Leite (Cajazeiras), Ludmila Silva Gondim (Guarabira), Bianca Silveira de Oliveira (Sousa), Gabriele Bulcão Visco (Queimadas), Vítor Feitosa Pereira (Santa Rita), Érica Carvalho Fagundes (Pocinhos), Filipe Ferreira Munguba, (Patos), Raíssa Almeida Bonfim (Itaporanga) e Augusto César Benevenuto de Almeida (no Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado – Gaeco –, em João Pessoa).

As provas do concurso do MPPB foram aplicadas no dia 19 de julho de 2015, nas cidades de João Pessoa, Cabedelo e Campina Grande. Dos cerca de 50 mil inscritos, houve o comparecimento de mais de 35 mil candidatos aos locais de aplicação das provas pela Fundação Carlos Chagas (FCC). Em 10 de dezembro de 2015, o procurador-geral Bertrand Asfora assinou o termo de homologação do resultado final do concurso. Foram oferecidas 105 vagas para cargos de técnico ministerial (que exigem nível médio completo) e analista ministerial (nível superior), além de cadastro reserva.
MP

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios