On line

Mutirão de comunicação reuniu profissionais e agentes pastorais do Nordeste

Depois de três dias intensos, chegou ao fim, neste domingo (31), o 8º Mutirão de Comunicação da CNBB Nordeste 2 (Muticom NE2), sediado na Diocese de Patos (PB). A solenidade de encerramento foi marcada pelo anúncio da sede da próxima edição, misturando o sentimento de saudade com o de expectativa para o reencontro. Este momento acontecerá nos dias 18, 19 e 20 de outubro de 2024, na Arquidiocese de Maceió (AL).

A cidade-sede do 9º Muticom foi eleita pelos coordenadores diocesanos e arquidiocesanos da Pastoral da Comunicação (Pascom) durante reunião realizada no sábado (30). Esta será a segunda vez que Maceió receberá os comunicadores e as comunicadoras de Alagoas, da Paraíba, de Pernambuco e do Rio Grande do Norte. Em 2011, a capital alagoana vivenciou o 4º Muticom, que refletiu o tema “Processos de comunicação e mídias digitais: evangelização em tempos de cibercultura”.

Recém-eleito coordenador da Pascom NE2, o padre Jerffeson Adelino, da Diocese de Caruaru (PE), fez o seu primeiro pronunciamento a todos os coordenadores diocesanos. O sacerdote agradeceu à Diocese de Patos e a todos os pasconeiros e as pasconeiras que organizaram e os viveram o 8º Muticom presencialmente no Centro de Treinamento Diocesano de Patos (CTD) ou em casa pela plataforma on-line (CTDO).

O coordenador também agradeceu à irmã Joelma Pinto, sua antecessora no cargo, que conduziu a Pascom NE2 nos últimos anos e esteve à frente, junto com a Pascom de Patos, no planejamento do mutirão.

“Lembremos: a Pascom é a pastoral do ser e estar em comunhão. A comunicação só tem sentido se gera comunhão e unidade, em diálogo. Sendo assim, faço esse apelo a todos os coordenadores Arquidiocesanos e Diocesanos para caminharmos sempre levando em consideração essas três palavras. Conto com todos vocês e que Deus abençoe nossa Pascom Regional Nordeste 2”, declarou pare Jerffeson Adelino.

8º Muticom entra para a história

Foi em 2016 que a Diocese de Patos recebeu da Pascom NE2, na Diocese de Caruaru, a missão de preparar e sediar o Muticom. Com o tema “Ambiência Digital e Cultura do Encontro: pensar a comunicação numa sociedade democrática”, o evento deveria acontecer em 2020, mas como tantos outros encontros precisou ser adiado devido à pandemia do covid-19. “De fato, tudo só acontece no tempo de Deus. Era para ser nesta data e assim foi”, afirmou o coordenador da Pascom NE2, padre Jerffeson Adelino.

Definido como “uma celebração à vida” pela irmã Joelma Pinto, o 8º Muticom aconteceu de 29 a 31 de julho no formato híbrido o que permitiu a participação de mais agentes e a realização de conferências com convidados de peso. A modalidade também beneficiou os participantes das oficinas, uns puderam aprender in loco e outros de maneira remota.

A conferência de Abertura foi conduzida na noite da sexta-feira (29) pela professora doutora, Andréia Gripp, que abordou o tema principal do Muticom. No sábado (30), o professor Lindolfo Souza ministrou a palestra “Ambiência digital: impactos e incidências”.

No segundo dia de Muticom o período da tarde foi reservado às oficinas “O uso das ferramentas para transmissões ao vivo” (Bruno Gonzaga); “Presença da Igreja nas redes sociais” (Fabiano Fachini); “Produção de matérias jornalísticas” (Jailma Barbosa); e “Noções de produção de programas de rádio e podcast” (Zé Filho).

As conferências foram retomadas no último dia de evento com o tema “Comunicação e sociedade democrática” apresentado pelo bispo auxiliar de Belo Horizonte e presidente da Comissão Episcopal para a Comunicação da CNBB, dom Joaquim Mol. Em seguida, a vaticanista Mirticelli Medeiros trouxe para o Muticom o debate sobre “O Onlife na vida pastoral da Igreja: os sinais de esperança pós-pandemia”.

A programação do 8º Muticom contou ainda com uma manhã de espiritualidade, além de momentos culturais como o show do cantor Zé Vicente, seguido de uma noite dedicada às tradições nordestinas. No domingo, o bispo da Patos, dom Eraldo Bispo da Silva, presidiu a Santa Missa de envio dos comunicadores, na Igreja Matriz de Santo Antônio. A liturgia teve a assistência do diácono José Bezerra, da Arquidiocese de Natal, e concelebrada por padres de várias partes do Regional.

Para dom Eraldo, o 8º Muticom foi um evento marcante de muita alegria que renovou, no coração de cada participante, a missão de evangelizar pelos meios de comunicação, aproveitando todas as possibilidades que esses instrumentos oferecem para a propagação da Boa Nova.

“Foram momentos de celebração, convivência e de partilha de experiências. De fato, uma oportunidade para reafirmamos nosso compromisso com a evangelização tendo em mãos e também no coração esse instrumento tão importante que os meios de comunicação nos oferecem. A proximidade, os valores do Evangelho e essa cultura do encontro são incentivados por esses meios que nos faze chegar uns aos outros pelo mundo inteiro”, declarou dom Eraldo.

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios