Saúde

PL estabelece que hospitais capacitem profissionais para doenças raras

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou, por unanimidade, o projeto de lei 564/2019, do deputado Eduardo Carneiro, que estabelece que os hospitais, unidades de emergência, pronto atendimento e pronto socorro do Estado realizem, anualmente, workshop que capacite os profissionais da área de saúde quanto ao tratamento e encaminhamento de pessoas com doenças raras.

Eduardo Carneiro destacou a importância da proposta, pois, segundo o parlamentar, a dificuldade de diagnóstico e falta de informação dos pacientes quanto a forma de tratamento das doenças raras faz com que o aprimoramento dos profissionais para o melhor atendimento seja necessário. “Segundo o Ministério da Saúde existem no Brasil cerca de 240 serviços que oferecem ações de assistência e diagnóstico. Porém, por serem raras, muitas vezes são tratadas de forma tardia, complicando a situação do paciente”, destacou o parlamentar.

Ao todo, os deputados apreciaram 43 matérias durante a reunião. O projeto 572/2019, do deputado Ricardo Barbosa, que dispõe sobre o Programa de Incentivo Tecnológico à Terceira Idade, foi aprovado. “A finalidade é proporcionar que a Paraíba não se torne aceitável a desigualdade social e digital. A ideia vai permitir que os idosos não fiquem excluídos dos avanços tecnológicos, pois eles necessitam estar em constante processo de aprendizagem, para se adaptar as mudanças diárias”, ressaltou o deputado.

Os membros da comissão também aprovaram o projeto 570/2019, da deputada Cida Ramos, que pretende reconhecer o bloco carnavalesco ‘Cafuçu’ como patrimônio cultural e imaterial do Estado. Estavam presentes na reunião os deputados Ricardo Barbosa, Júnior Araújo, Edmilson Soares, Camila Toscano, Tovar Correia Lima, Walber Virgolino, além da presidente da CCJ, Pollyanna Dutra.

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios