Manchetes

Prefeitos condenam o corte de verbas

O presidente Nacional da União Brasileira de Apoio aos Municípios (UBAM), Leonardo Santana, protestou contra o tratamento que o governo federal está dispensando ao Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com o corte de verbas.

Segundo Leonardo, prefeitos de todo país, juntos ao movimento municipalista, se unem em defesa da maior “instituição apoiadora dos governos locais”, como bem classificou a própria Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e as federações estaduais de Municípios.

O dirigente municipalista destacou como “gigantesco” o trabalho do SEBRAE em prol do desenvolvimento do país, na execução de políticas de apoio às micro e pequenas empresas, na promoção de exportações, desenvolvimento industrial e apoio às administrações públicas municipais para o desenvolvimento.

“São 47 anos de trabalho, dinamismo, técnica de evolução das políticas públicas, nos 5.570 municípios brasileiros, gerando emprego e renda, capacitando e fornecendo milhares de novos profissionais ao mercado de trabalho”.

O presidente da UBAM destacou várias conquistas feitas pelo SEBRAE, e disse que precisam ser reconhecidas pelo governo federal:

1- Supersimples

2- Microempreendedor Individual

3- Prêmio “Prefeito Empreendedor”

4- Formação, redução da burocracia e ampliação do acesso ao crédito

5- Inovação, inovação e tecnologia com foco no agronegócio

6- Fortalecimento do empreendedorismo e fortalecimento da economia do país

7- Facilitação da criação de novas empresas, gerando emprego e renda

Desde que parte da equipe do governo Bolsonaro se referiu a diminuir recursos destinados ao chamado “sistema S”, ao qual o SEBRAE integra, centenas de gestores demonstraram séria preocupação, considerando a importância desse setor que vem alavancando progresso e desenvolvimento para o Brasil, independentemente de política partidária.

Leonardo ressaltou, ainda, que o governo e o povo brasileiro têm uma imensa dívida de gratidão com o SEBRAE, pela grandeza das suas importantes ações, através da capacitação e da promoção do desenvolvimento econômico e competitividade das micro e pequenas empresas, estimulando o empreendedorismo no Brasil, no ataque direto ao desemprego e a exclusão.

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios