HOME_______________________________________________

Procon retoma audiências

Após um período de cinco meses, o Procon de Campina Grande retoma as audiências na sede do órgão. Devido à pandemia causada pela Covid-19 e da quarentena necessária para conter o avanço da doença na cidade, o Procon havia decidido suspender esse serviço temporariamente. O retorno aconteceu nesta terça-feira, 18, com a realização de três audiências.

Rivaldo Rodrigues, coordenador executivo do Procon Municipal, explica que o retorno das audiências só foi possível após encontrarem um modo de realizar os encontros de uma forma segura. “Além de termos adaptado a sala de audiências, com a separação das mesas por tela de acrílico e diminuindo a quantidade de móveis no local, possibilitando o afastamento seguro entre as pessoas, a prioridade está sendo a realização das audiências por meio virtual. Retomamos o serviço nesta terça e todas as audiências foram por plataformas digitais. Os encontros presenciais só serão possíveis caso alguma das partes não se sinta segura em usar essas novas tecnologias”, esclareceu.  

Cerca de 350 audiências foram adiadas neste período de quarentena. Mas o Procon está trabalhando para agilizar a realização destas pendências. “Vamos seguir uma ordem com base nos casos que já tinham audiências marcadas antes da pandemia. Os novos processos estão sendo agendados para mais adiante. O objetivo dessas audiências é prezar pela conciliação, orientação e diálogo dos consumidores com as empresas. Cumprindo, assim, nosso papel de equilíbrio nas relações de consumo”, ressalta Rivaldo Rodrigues. 

As audiências estão sendo realizada de segunda à sexta-feira, no período das 8h às 13h, na sede do órgão.  O consumidor que tiver processo em curso no Procon e queira tirar alguma dúvida pode entrar em contato por meio dos telefones 151, (83) 98185-8168, (83) 98186-3609 e (83) 98123-0749.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^