Cotidiano

Projeto adapta 30% dos ônibus de transporte coletivo para deficientes

A Comissão de Desenvolvimento, Turismo e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovou o projeto de lei 656/2019, de autoria de Felipe Leitão, que obriga as empresas de transporte coletivo intermunicipais a operarem, em todas as linhas, com 30% da frota com ônibus adaptados e, assim, garantir acessibilidade e transporte seguro para os portadores de deficiência.

Segundo o parlamentar, é necessário que as empresas de ônibus instalem elevadores hidráulicos e demais equipamentos de segurança, necessários a acessibilidade. “Sem a garantia do direito à livre locomoção, todas as demais questões ficam comprometidas. Cabe ao Poder Público criar mecanismos para adotar o transporte coletivo de condições que garantam o acesso e a segurança para as pessoas com deficiência” destacou Felipe Leitão.

Os membros da comissão também aprovaram o projeto 672/2019, de autoria da deputada Cida Ramos, que dispõe sobre a obrigatoriedade de reserva de assentos próximos para crianças e seus responsáveis nos transportes públicos intermunicipais. Segundo a deputada, o objetivo da proposta é resguardar a integridade física e psicológica das crianças. “Sabemos que nessa faixa etária não há maturidade para enfrentar deslocamentos distantes dos seus pais ou acompanhantes”, disse Cida Ramos.

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios