Saúde

Saúde expande cirurgias eletivas e Hospital Pedro I lança whatsapp para agendamento

A Secretaria de Saúde de Campina Grande, diante da retração no número de casos de covid-19, está expandindo a realização de cirurgias eletivas, cujo cronograma sofreu prejuízo durante a pandemia. O município está realizando cirurgias gerais e ginecológicas na Clipsi e pequenas cirurgias no Hospital Municipal Dr. Edgley. No Complexo Hospitalar Municipal Pedro I são realizadas as consultas com os cirurgiões e os exames pré-operatórios.

As consultas são agendadas pela Secretaria Municipal de Saúde, através do Sistema de Regulação (SISREG). Para as pequenas cirurgias, os procedimentos são marcados nas próprias Unidades Básicas de Saúde. Para as cirurgias gerais e ginecológicas, a marcação é feita na Secretaria de Saúde, após solicitação do médico especialista e dos exames pré-operatórios realizados.

Contudo, para facilitar ainda mais o acesso das pessoas que precisam de cirurgias eletivas, o Complexo Hospitalar Municipal Pedro I lançou um número de whatsapp, para agendamento de consultas com cirurgiões, no ambulatório do hospital. O telefone é o (83)98145-4901 e funciona de segunda a sexta-feira, em horário comercial, apenas para contato através do aplicativo de mensagens.

“A ideia é desburocratizar o acesso. Também estamos realizando as consultas e os procedimentos das pessoas que ingressaram via SISREG, buscando zerar a fila de espera por cirurgias eletivas. São cirurgias de hérnias, colectomia, vesícula, histerectomia, lipomas, sinais, cistos, cirurgias ginecológicas, cirurgias infantis de fimose e muitas outras. Somando as cirurgias gerais, ginecológicas e pequenas cirurgias, temos realizado mais de 100 por semana”, disse o diretor do Hospital Pedro I, Tito Lívio.

No ambulatório do Pedro I, os pacientes já realizam consulta com cardiologista e exames cardíacos pré-cirúrgicos na própria unidade hospitalar, assim como a consulta com anestesista. Após a consulta com cirurgião, com cardiologista, realização de exames e consulta com anestesiologista, as cirurgias são agendadas no próprio hospital, via SISREG e são realizadas na Clipsi ou no Hospital Dr. Edgley.

O objetivo da Secretaria Municipal de Saúde é realizar, em breve, todas essas cirurgias nos centros cirúrgicos do Complexo Pedro I e do Hospital Dr. Edgley, que estão passando por ampla reforma. Novos cirurgiões também estão sendo contratados para compor a equipe e, em breve, também serão realizadas cirurgias de pacientes com doenças venosas, principalmente varizes, no Hospital Dr. Edgley, onde já foi implantado um serviço de atendimento a esses pacientes com angiologista e tratamento não cirúrgico.

Além destas cirurgias, a Secretaria Municipal de Saúde segue financiando procedimentos cirúrgicos em unidades parcerias como Fundação Assistencial da Paraíba (FAP), Hospital Antônio Targino, Hospital Universitário Alcides Carneiro e Hospital João XXIII. Neste último, inclusive, foi firmada parceria para a realização de cirurgias de isquemia crítica de membros inferiores, dos pacientes com pé diabético, que antes só eram realizadas em João Pessoa. Dessa forma, pacientes diabéticos com feridas agressivas críticas, nas pernas, podem procurar uma das UPAs e serão encaminhados para a cirurgia no Hospital João XXIII.

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios