DestaquesNordeste

Sitrans vai pedir reajuste na passagem de ônibus

O presidente do Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Campina Grande (Sitrans), Anchieta Bernadino, afirmou que a tarifa de ônibus, de atualmente R$ 2,75, deve subir na cidade. Segundo o presidente do sindicato, o aumento é contratual e inevitável.

– O aumento é uma obrigação contratual. Tem uma cláusula que diz que toda vez que os insumos ficarem mais caros, a tarifa deve aumentar e isso acontece em dezembro ou janeiro. O aumento acontece no Brasil todo, seja em Campina Grande ou João Pessoa – explicou.
Anchieta relatou que o transporte público sofre “concorrência desleal” com o transporte alternativo e vem perdendo passageiro
s ao longo dos anos. Esse fato, inclusive, seria responsável pelo aumento da tarifa.

– Atualmente, o transporte público em Campina atende 2 milhões e meio de passageiros. Se transportássemos, por exemplo, 5 milhões de passageiros, o preço da passagem seria menor, pois “o bolo” seria dividido por todos – afirmou Anchieta.

Ele relatou que os principais gastos das empresas são com óleo diesel e pessoal.

Ainda não há um novo valor estipulado para a tarifa. O Conselho Municipal de Transportes de Campina Grande (Comut) vai avaliar as propostas encaminhadas pelas empresas e a nova tarifa será homologada pela STTP e o prefeito Romero Rodrigues (PSDB).
As informações foram repercutidas na rádio Correio FM.
Paraibaonline

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios