ADUEPB ingressa ação na justiça para garantir a reposição salarial

A ADUEPB impetrou no último dia 07 de abril um mandado de segurança na 3ª Vara da Fazenda Pública de Campina Grande para garantir a data-base dos professores Universidade Estadual da Paraíba.

A ação é fruto da protelação da reitoria no encaminhamento da decisão do CONSUNI efetivada no dia 05 de fevereiro quando aprovou o reajuste salarial em 8%, e também da falta de compromisso do Governo do Estado com relação ao envio do Projeto de Lei para Assembleia Legislativa, que transformaria a Resolução em Lei.

O diretor-presidente da ADUEPB revelou que desde o ano passado, a entidade se preocupou em estabelecer a pauta da reposição das perdas salariais, a partir de um estudo técnico elaborado pelo DIEESE.

No entanto, até o momento, observou-se a inércia da UEPB, que foi negligente no processo de envio da resolução, bem como o governo do estado, que também não remeteu a resolução ao poder legislativo.

Para a ADUEPB, esse é o momento de grandes dificuldades no plano conjuntural, mas é preciso avançar na conclusão da campanha salarial, estabelecendo a unidade, a partir do diálogo e não de divisão da categoria.

“Uma greve nesse momento, como insufla uma pequena minoria é um prejuízo grande à comunidade acadêmica como um todo. Agora vamos aguardar até o fechamento da folha e seu respectivo pagamento – a decisão do Poder Judiciário – em seguida, convocaremos a categoria para deliberar coletivamente-” declarou o diretor-presidente da entidade, Professor Jucelino Luna.
ADUEPB

Print Friendly, PDF & Email


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^