Água do maior açude da Paraíba é imprópria para consumo

acude7_menorMaior reservatório da Paraíba, o açude Coremas Mãe Dágua, no Sertão do Estado,  está agonizando. A água armazenada no manancial é imprópria para o consumo humano, e a população teme problemas de saúde. Pelo menos essa é a constatação de um laudo elaborado pela Unidade Regional de Controle da Qualidade da Água, da Fundação Nacional de Saúde (Funasa).

As amostras coletadas apresentaram coliformes totais, que indica a contaminação com material fecal. Segundo relatório da Funasa, o uso inadequado da água pode acarretar em problemas de saúde a população como o surgimento de câncer. A água que chega nas torneiras não é tratada, e a cada dia a qualidade da água fica pior. A constatação foi da existência de coliformes totais (grupos de bactérias indicadoras de contaminação com material fecal de animais) e presença de outros organismos.

O abastecimento de água na cidade Coremas não é atendido pela Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa). A responsabilidade do tratamento e da distribuição da água é da Prefeitura da cidade. Diante do risco, os moradores de Coremas estão mobilizando no sentido de pedir a instalação de uma estação de tratamento. O açude está com menos de 16.8% de sua capacidade, o que representa pouco mais de 99 milhões de agua acumulada. E a cada dia, com o prolongamento da seca, a a situação fica mais crítica.

Maior manancial do Estado da Paraíba e o terceiro maior do Nordeste, o açude Coremas Mãe Dágua é responsável hoje por abastecer uma população de 464.993 habitantes, segundo levantamento do Instituto Patoense de Pesquisa e Estatística-INPPE. Os dados levam em consideração os municípios que utilizam a água do manancial nos estados da Paraíba e Rio Grande do Norte, tanto através do sistema de adutora, quanto por meio da captação do líquido na bacia do Rio Piranhas, seguindo curso até o Rio Grande do Norte.

Nos dois estados, o manancial é responsável por abastecer 30 municípios, alguns quase na sua totalidade a exemplo de Patos, município que hoje conta com 102.020 habitantes, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística IBGE.

Na Paraíba, o açude Coremas Mãe D’água abastece atualmente os municípios de Patos; Pombal; São Bento; Belém do Brejo do Cruz; Santa Luzia; Coremas; Paulista; Belém; São Mamede; Condado; Malta; São José de Espinharas; São Bentinho; São José do Sabuji; Salgadinho; Cacimba de Areia; Vista Serrana; Cajazeirinhas; Várzea; Passagem; Areia de Baraúnas e Quixaba, que juntos totalizam 22 municípios, e 287.021 habitantes.

A exemplo de Coremas, outros dois grandes açudes da Paraíba também estão em situação crítica. O açude Epitácio Pessoa em Boqueirão, está como menos de 17% de sua capacidade.
Severino Lopes
PBAgora

Print Friendly, PDF & Email


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^