CNPq e sociedades de biofísica criam programa de bolsas

­

Iniciativa irá custear dez bolsas de doutorado sanduíche em biofísica. A ideia é construir uma rede de interações, onde alunos e professores possam transitar entre os laboratórios dos cursos de pós-graduação na área.

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI) firmou um acordo com as sociedades Brasileira de Biofísica (SBBF) e a Argentina de Biofísica (SAB) para a criação do programa de bolsas CNPq/Pós-graduação Latino-Americana em Biofísica. A iniciativa irá custear dez bolsas de doutorado sanduíche na área.

Cinco bolsas serão para pesquisadores brasileiros realizarem seus estudos no exterior. A outra metade é para estudantes estrangeiros virem ao Brasil. A cerimônia de assinatura do acordo foi realizada em 19 de março na Embaixada do Brasil na Argentina.

A Pós-graduação Latino-Americana em Biofísica (Poslatam), criada em 2006, está sob a responsabilidade SBBF e SAB. A iniciativa conta com 202 alunos inscritos, em 37 programas de pós-graduação no Brasil, Argentina, Chile e Colômbia.

O principal objetivo da Poslatam é formar recursos humanos na área de Biofísica com enfoque tanto teórico quanto experimental na América Latina.

Ministério de Ciência e Tecnologia

— Portal Brasil

Print Friendly, PDF & Email


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^