Ministro diz que Projeto São Francisco tem 77,8% de execução

gilberto_ochiBrasília-DF  – As obras do Projeto de Integração do Rio Francisco estão com 77,8% de avanço físico (dados de julho) e poderão ficar prontas em dezembro de 2016 ou no início de 2017. “Em janeiro, o percentual era de 69,2%. Isso significa que o ritmo tem sido de 1,2% ao mês. Caso essa evolução seja mantida, as obras poderão ser entregues nesse prazo”, explicou o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi.

Em Brasília (DF), o titular da pasta concedeu entrevista coletiva sobre a entrega da primeira Estação de Bombeamento do Eixo Norte (EBI-1) do projeto, que ocorrerá nesta sexta-feira (21/8), em Cabrobó (PE), com o acionamento de uma motobomba. Nessa primeira etapa, a água seguirá por 45,9 km até o reservatório Terra Nova, localizado no município pernambucano.

De acordo com Gilberto Occhi, após o acionamento da motobomba, as águas levarão 40 dias para encher o reservatório Tucutu (no km 9,1) e outros 18 para encher o reservatório Terra Nova. “Vamos administrar o fluxo de água da melhor maneira possível e promover eventuais acertos técnicos para que tudo ocorra da melhor forma”, afirmou.

O titular do MI ressaltou ainda o caráter “simbólico” da entrega da EB-1, em razão da redução no volume de água dos reservatórios da Região Nordeste em comparação com os três anos anteriores. “O governo federal trabalhou fortemente para entregar a estação e continua trabalhando pra entregar as seguintes nos próximos meses, no Eixo Norte e no Eixo Leste”, finalizou.

Eixo Leste
O Eixo Leste do Projeto São Francisco já conta com uma estação bombeamento (EBV-1) inaugurada. O governo federal, no entanto, promove reparos na altura do Reservatório Areias (km 13,1 do eixo). Após a finalização do reparo e ligação das bombas, a expectativa é que o governo federal entregue nos próximos 45 dias a segunda estação de bombeamento (EBV-2), localizada no km 17,1.

Na coletiva, acompanhado do secretário de Infraestrutura Hídrica, Osvaldo Garcia, o ministro apresentou ainda o comparativo de pagamentos do empreendimento, o quantitativo histórico de mobilização da mão de obra e de equipamentos, os valores das ações de revitalização e dados sobre as comunidades beneficiadas pelo projeto.

No evento de sexta-feira, o MI assinará, com os governos do do Ceará, da Paraíba e de Pernambuco, de documento que trata da abastecimento de água para famílias que moravam na área de influência do Projeto São Francisco e que foram reassentadas. De acordo com o ministro, a maior parte da água será proveniente do empreendimento, por meio da execução de sistemas simplicados.

Confira apresentação do ministro Gilberto Occhiouça a íntegra da entrevista coletiva e escute a reportagem de rádio.

Fonte: Ministério da Integração

Print Friendly, PDF & Email


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^