Vereadores e professores debatem a crise na educação

A Câmara Municipal de Campina Grande abriu espaço da Tribuna Livre, nesta terça-feira, durante sessão ordinária, para a Associação dos Professores de Licenciatura Plena do Estado da Paraíba. Na oportunidade os representantes da entidade pediram apoio aos camaravereadores para o movimento grevista da categoria.

O vice-presidente da entidade Odenilson Medeiros usou a tribuna e denunciou que nenhum professor do Estado teve reajuste de 20%, conforme divulga o Governo. Ele disse ainda que os regentes de ensino estão recebendo abaixo do piso mínimo nacional. Ele informou ainda que a Paraíba possui em torno de 21 mil professores entre efetivos e prestadores.

Também usou a tribuna a professora Vânia Núbia e destacou que além do reajuste salarial, os professores em greve também reivindicam melhores condições de trabalho, reforma e ampliação das unidades escolares, construção de quadras poliesportivas e política de segurança para as escolas.

Os vereadores Aragão Junior, Miguel Rodrigues, Alexandre do Sindicato, Olimpio Oliveira, Antonio Alves Pimentel e João Dantas usaram a tribuna e além de solidarizar com a categoria também solicitam do governo do estado que receba os representantes do movimento.

Neste sentido o vereador João Dantas deu entrada em requerimento solicitando audiência entre o governo do estado e o movimento dos professores, na oportunidade o presidente do Poder Legislativo sugeriu que os vereadores solidários com a categoria assinem a propositura.
CMCG

Print Friendly, PDF & Email


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^