Especialista questiona potabilidade de volume morto do açude de Boqueirão


A reserva técnica, conhecida como “volume morto”, do açude Epitácio Pessoa (Boqueirão) deverá ser utilizada pela Cagepa para abastecimento devido à estiagem.

O especialista em recursos hídricos Janiro Costa questionou a qualidade dessa água para ser utilizada para o consumo humano.

– Esse volume não é para ser usado, ele é o limite da operação do açude. Usar a água do volume morto é de alto risco – alertou o professor.

O gerente da Cagepa Borborema, Simão Almeida, amenizou a questão dizendo que a empresa monitora a qualidade da água e vai garantir que ela seja potável.

Segundo Simão, com a utilização da reserva técnica, o açude distribuirá água até março de 2017.

As declarações foram repercutidas na manhã de hoje (21), na Rádio Correio FM.
Paraibaonline

Print Friendly, PDF & Email


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^