Instituto Cândida Vargas comemora 70 anos

camara_joaopessoa_menorUma sessão especial em homenagem aos 70 anos do Instituto Cândida Vargas (ICV) foi realizada na tarde desta sexta-feira (28), na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), numa propositura do vereador Benilton Lucena (PT). Na ocasião, servidores do Instituto também receberam homenagens.

Além do propositor da sessão, também compuseram a mesa, os vereadores Fuba (PT), que secretariou os trabalhos, Raíssa Lacerda (PSD) e Bosquinho (DEM); a diretora geral do ICV, Ana de Lourdes Vieira Fernandes; a diretora multiprofissional do ICV Terezinha de Liseux Pires de Andrade; o diretor administrativo e financeiro do ICV, Maurício Orlando Arias Avilés e a secretária municipal da Saúde, Mônica Rocha.

“É um privilégio está fazendo está homenagem. A Casa Napoleão Laureano abre as portas para celebrar os 70 anos do Instituto Cândida Vargas, que foram completados em 16 de agosto, além de homenagear figuras ilustres que sempre contribuíram com serviços de atenção as mães e recém nascidos da instituição. Essa belíssima maternidade de nossa cidade oferece atendimento integral, sendo o maior complexo materno infantil de nosso estado e um dos mais reconhecidos do país”, justificou o propositor.

A diretora geral, Ana de Lourdes Vieira Fernandes, fez uma apresentação através de slides com o histórico do Instituto, com sua constituição e serviços fornecidos à população. “São diversos serviços ofertados para garantir um cuidado integral à mulher, com 1.275 profissionais trabalhando na instituição com o intuito de garantir o atendimento aos usuários que procuram à maternidade”, enfatizou.

O Instituto dispõe de uma estrutura adequada para atender grávidas em toda a sua totalidade, incluindo três alojamentos para gestantes, Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) maternas e Neonatais, Unidade de Cuidados Intermediários (UCI), enfermarias, salas de partos e bloco cirúrgico. São ofertados diversos serviços, como Banco de Leite, ambulatório, laboratório, exames de ultrassonografia, atendimentos às vítimas de violência, serviço social, psicologia, planejamento familiar, pré-natal de alto risco, farmácia, cardiologia, pediatria, Rede Cegonha e demais serviços essenciais para a saúde da mulher. A maternidade realiza ainda atividades como o Método Canguru, teste do pezinho e da orelhinha, serviços de imunização e fisioterapia do parto.

“Aproximadamente 60% dos atendimentos de urgência são realizados em pacientes residentes em João Pessoa, enquanto o restante são casos de urgência de pacientes de outros municípios e estados vizinhos. Já do total de mulheres internadas na maternidade, 52% são de outras cidades e estados.

Realizando cerca de 700 por mês, a maternidade do ICV funciona 24 horas por dia, durante todo o ano. Tentamos ainda manter uma capacitação e qualificação contínua. A garantia de um bom atendimento é manter os profissionais sempre atualizados”, completou Ana de Lourdes.

Os homenageados foram os seguintes: a médica Cristina Maria Batista Abath, natural de Campina Grande, recebeu o Título de Cidadã Pessoense; ao auxiliar Dimas Danúbio Dantas a Medalha Cidade de João Pessoa; o médico José Clementino de Oliveira Neto e
o benfeitor da instituição Aderaldo Pereira de Oliveira, Diplomas de Honra ao Mérito.

Print Friendly, PDF & Email


Veja online a situação da Pandemia

^ Ir Para Topo ^